Trabalhos pedagogicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6803 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Educação para Jovens e Adultos tem novas diretrizes firmadas para 2011
A Secretaria da Educação de Paulínia preocupada em alavancar o ensino no município, traçou um perfil dos alunos que frequentam a Educação para Jovens e Adultos (EJA), antigo supletivo, visando aprimorar o ensino e de alguma forma incentivar o aluno a continuar os estudos, já que existe certa resistência dele em permanecer naescola após a fase adulta. O EJA é uma modalidade para alunos que abandonaram os estudos na idade regular e retornam em outra fase da vida.
Em 2010, foi feito um estudo por meio de um questionário, que foi respondido por 1.440 alunos que freqüentam a EJA, o qual resultou em um trabalho de descobrimento dos motivos que levaram o aluno a parar de estudar, e os motivos que o levaram a voltar aestudar, e curiosamente se descobriu que na maioria dos casos, os mesmos motivos que fizeram o aluno parar, o fizeram voltar, “o trabalho”. Outra razão contida no questionário é que muitos voltam a estudar para buscar conhecimento.
Esse estudo levou a Secretaria da Educação adequar o currículo e incluir nele a discussão sobre o trabalho, que além da questão óbvia da sobrevivência, precisa-se entendera sociedade, e o que ela espera desse trabalho, incluindo a satisfação pessoal e social. O currículo aplicado na EJA é uma das diretrizes extraída desse estudo. Outra diretriz é que o aluno da educação especial com deficiência mental não seja matriculado na Educação de Jovens e Adultos, porque a EJA acelera o estudo, e isso é o oposto que essa pessoa precisa. A Secretaria garante a vaga do ensinoregular.
Em 2012, serão formadas classes separadas para jovens até 20 anos dos adultos, pois o estudo mostra que eles desistem por incompatibilidade e falta de paciência com a movimentação dos mais novos em sala de aula. Estuda-se também uma forma de oferecer paralelo com a EJA, um curso profissionalizante para estimular o desejo pelo aprendizado.
Em 2010, o aumento na EJA foi de 9%, sendoprocurado por 177 pessoas para a modalidade alfabetização, 648 Ensino Médio e 558 para o Ensino Fundamental, e segundo o novo senso Paulínia ainda possui 4% dos seus habitantes analfabetos. A Secretaria de Educação organizou as escolas de forma que os alunos estudem próximos as suas residências. A EMEFEM “Ângelo Corassa”, vai ficar com o Ensino Médio, EMEFEM “Vítor S. Silva”, com o Ensino Fundamental eo EMEFEM “Maestro Marcelino Pietrobon” ficou com o Ensino Médio e Fundamental.
A educação de jovens e adultos (EJA) é a modalidade de ensino[1] nas etapas dos ensinos fundamental e médio da rede escolar pública brasileira e adotada por algumas redes particulares que recebe os jovens e adultos que não completaram os anos da educação básica em idade apropriada por qualquer motivo (entre os quais éfrequente a menção da necessidade de trabalho e participação na renda familiar desde a infância). No início dos anos 90, o segmento da EJA passou a incluir também as classes de alfabetização inicial.
No Brasil, o campo consolidou-se com influência das ideias do educador Paulo Freire e em forte relação com o movimento de educação popular.
O segmento é regulamentado pelo artigo 37 da Lei deDiretrizes e Bases da educação (a LDB, ou lei nº 9394.[2] de 20 de Dezembro de 1996). É um dos segmentos da educação básica que recebem repasse de verbas do Fundeb.
A partir de 2002, o governo federal criou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), por meio do qual pode, mediante convênio com estados e municípios, substituí-los na realização de exames supletivos.Criada pelo Decreto Presidencial nº 4.834/2003[3] para tratar exclusivamente da alfabetização de jovens e adultos, a Comissão Nacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (Cnaeja) teve seu âmbito e composição ampliados pelo Decreto nº 5.475, de junho 2004, reafirmados pelo Decreto nº 6.093, de abril de 2007. Sua composição recente foi estabelecida pela Portaria nº 602, de março de...
tracking img