Trabalhos feitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2630 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
Introdução 3

Conceitos gerais 4

Colheita de Sangue 4

Posicionamento do braço 4

Garroteamento 4

Selecção da região de punção 5

Escolher uma região de punção envolve algumas considerações 6

Composição da amostra 6

Sangue 6

Plasma 7

Soro 7

Normas gerais de colheita de sangue 7

Quantidades de sangue a colher 8

Colheita de amostras capilares 8Procedimento para colheita de amostras capilares 9

Ilustrações da colheita de amostras capilares 10

Punção venosa 13

Colheita de amostra venosa no sistema fechado 13

Procedimento 13

Colheita de amostra venosa no sistema aberto 14

Procedimento 14

Ilustrações da colheita de amostras venosa 15

Enchimento dos tubos 18

Resultados e discussões 19

Conclusão 20

Bibliografia 21Introdução

O presente relatório da cadeira de Bioquímica clínica que tinha como objectivo de aprender um pouco mais sobre o método de colheita de sangue como: punção capilar e venoso (fechada e aberta), este assunto é muito importante na área da saúde, pois são método complexo que somente pode ser realizado por profissionais experientes, por isso a importância deste trabalho, para antesde aprendermos a pratica, já estarmos cientes da teoria, que estando juntos, formam um excelente par na aprendizagem.







Objectivo geral

➢ Realizar os métodos de colheita de sangue usado os métodos de punção capilar e venoso.




Objectivos específicos

➢ Aprender como colher o sangue por método de punção venosa;

➢ Aprender como colher o sangue por método depunção capilar;

➢ Centrifugar as amostras colhidas;
























Conceitos gerais


Colheita de Sangue

Uma boa colheita significa: rapidez, eficiência, qualidade de atendimento e menor sofrimento ao paciente, por isso o responsável tem que ser capaz de resolver qualquer problema que eventualmente poderá encontrar no seu dia-a-dia.Posicionamento do braço

O braço do paciente deve ser posicionado em uma linha recta do ombro ao punho, de maneira que as veias fiquem mais acessíveis e o paciente o mais confortável possível. O cotovelo não deve estar dobrado e a palma da mão voltada para cima.


Garroteamento

O garrote é utilizado durante a colheita de sangue para facilitar a localização das veias, tornando-as proeminentes. O garrotedeve ser colocado no braço do paciente próximo ao local da punção (4 a 5 dedos ou 10 cm acima do local de punção), sendo que o fluxo arterial não poderá ser interrompido. Para tal, basta verificar a pulsação do paciente. [pic]

Mesmo garroteado, o pulso deverá continuar palpável. O garrote não deve ser deixado no braço do paciente por mais de um minuto. Deve-se retirar ou afrouxar o garrotelogo após a

venipunção, pois o garroteamento prolongado pode acarretar alterações nas análises (por exemplo: cálcio).


Selecção da região de punção

A regra básica para uma punção bem sucedida é examinar cuidadosamente o braço do paciente. As características individuais de cada um poderão ser reconhecidas através de exame visual e/ou apalpação das veias. Deve-se sempre que for realizar umavenipunção, escolher as veias do braço para a mão, pois neste sentido encontram-se as veias de maior calibre e em locais menos sensíveis a dor. As veias são tubos nos quais o sangue circula, da periferia para o centro do sistema circulatório, que é o coração.

As veias podem ser classificadas em: veias de grande, médio e pequeno calibre, e vênulas. De 1 acordo com a sua localização, as veiaspodem ser superficiais ou profundas. As veias superficiais são subcutâneas e com frequência visíveis por transparência da pele, sendo mais calibrosas nos membros. Devido à sua situação subcutânea permitir visualização ou sensação táctil, são nessas veias que se fazem normalmente à colheita de sangue.

As veias mais usuais para a colheita de sangue são:

Veia Cefálica / Veia mediana cubital /...
tracking img