Trabalhos feitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1214 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
O objetivo do presente trabalho tem como meta de conclusão do curso de técnicos em segurança do trabalho, onde será realizado, um levantamento dos riscos do setor de soldagem e estabelecer medidas de controle objetivando proporcionar um ambiente salubre aos trabalhadores.
Desde os primórdios da humanidade o homem foi confrontado com a necessidade de trabalhar e garantir assim o seusustento e de seus dependentes. Fato este que trouxe ao longo dos tempos uma série de problemas físicos e psicológicos que foram transformando-se em doenças e síndromes sendo diagnosticados como resultado de exposição a determinadas
Situações de riscos tais como: exposição a temperaturas extremas ou determinados agentes tóxicos, postura inadequada, deslocamento de material pesado, movimentosrepetitivos durante a jornada de trabalho e outros que contribuem para o aparecimento de diversas lesões responsáveis pela queda na produção ou possível afastamento das funções tornando necessário uma serie de estudos sobre as condições e formas adequadas para o desenvolvimento das varias atividades, sem colocar em risco a saúde do trabalhador e amenizando os efeitos nocivos que algumasatividades possam trazer.

REFERENCIAL TEÓRICO
Este projeto tem seus subsídios em algumas normas regulamentadoras do Ministério do trabalho e informações fundamentais a saúde e segurança do trabalho relacionados com as atividades de solda.
Utilizamos como base:
NR- 6.1 - Para os fins de aplicação desta Norma Regulamentadora - NR, considera-se Equipamento de Proteção Individual - EPI, tododispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.
6.3 - A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco, em perfeito estado de conservação e funcionamento, nas seguintes circunstâncias:
a) sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completaproteção contra os riscos de acidentes do trabalho ou de doenças profissionais e do trabalho; (206.002-7/I4)
b) enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo implantadas; e, (206.003-5 /I4)
c) para atender a situações de emergência. (206.004-3 /I4)
NR- 18.1. Operação de soldagem e corte a quente
18.11.1. As operações de soldagem e corte a quente somente podem ser realizadas portrabalhadores qualificados. (118.199-8 / I2)

18.11.2. Quando forem executadas operações de soldagem e corte a quente em chumbo, zinco ou materiais revestidos de cádmio, será obrigatória a remoção por ventilação local exaustora dos fumos originados no processo de solda e corte, bem como na utilização de eletrodos revestidos. (118.200-5/ I4)

18.11.3. O dispositivo usadopara manusear eletrodos deve ter isolamento adequado à corrente usada, a fim de se evitar a formação de arco elétrico ou choques no operador. (118.201-3 / I4)

18.11.4. Nas operações de soldagem e corte a quente, é obrigatória a utilização de anteparo eficaz para a proteção dos trabalhadores circunvizinhos. O material utilizado nesta proteção deve ser do tipo incombustível. (118.202-1 /I2)

18.11.5. Nas operações de soldagem ou corte a quente de vasilhame, recipiente, tanque ou similar, que envolvam geração de gases confinados ou semiconfinados, é obrigatória a adoção de medidas preventivas adicionais para eliminar riscos de explosão e intoxicação do trabalhador, conforme mencionado no item 18.20 - Locais confinados. (118.203-0 / I4)

ANÁLISE SITUACIONAL DA EMPRESARiscos presentes no ambiente de soldagem que podem torná-lo insalubre se não forem minimizados ou eliminados.

• Riscos físicos

Riscos ocupacionais devido a temperaturas extremas - Devemos sempre procurar que o ambiente de trabalho seja o mais agradável possível, evitando assim nos períodos quentes problemas de saúde como desidratação, cansaço, cefaléia, irritabilidade,...
tracking img