Trabalhos de engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1538 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANA PAULA GARCIA MASSUCATO 12004750
LETÍCIA SALVE ROQUEJANI 12203188
NICOLE MELANAS VAZ 12185096
VALENTINA FRAGATA 12187415

PRÁTICA 2: COMPOSTAGEM

CAMPINAS
2012

ANA PAULA GARCIA MASSUCATO 12004750
LETICIA SALVE ROQUEJANI 12203188
NICOLE MELANAS VAZ 12185096
VALENTINA FRAGATA 12187415

PRÁTICA 2: COMPOSTAGEM
Relatório apresentado na disciplina Ecologia, Faculdade de EngenhariaAmbiental e Sanitária, Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
Professora: Regina Márcia Longo

PUC-CAMPINAS
2012

RESUMO
O Brasil e o mundo vêm sofrendo com a questão de despejos de resíduos sólidos em locais inadequados. Mais da metade do lixo domiciliar brasileiro é composto de materiais orgânicos, ou seja, que podem serreutilizados ao invés de serem descartados em lixões. A chamada compostagem é o processo biológico de decomposição e de reciclagem da matéria orgânica contida em restos de origem animal ou vegetal formando um composto semelhante ao solo. Alem de ser benéfica para o meio ambiente, a compostagem permite dar um destino adequado aos resíduos orgânicos agrícolas e é um processo de baixo custo. O compostofinal pode ser aplicado ao solo para melhorar suas características, sem ocasionar riscos ao meio ambiente.

SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO....................................................................................................5
2. OBJETIVO...........................................................................................................73. MATERIAL E MÉTODOS....................................................................................8
4. RESULTADOS E DISCUSSÃO..........................................................................10
5. CONCLUSÃO.....................................................................................................12
6.REFERÊNCIAS...................................................................................................13

1. INTRODUÇÃO
Um dos principais problemas enfrentado pelas sociedades e principalmente pela grande maioria das cidades é sobre qual a destinação correta dos resíduos e os reais descartes impostos. Segundo dados de uma pesquisa feita pelo Jornal Estado de São Paulo, uma pessoa chega a gerar por dia, 1,5 kg de resíduos e 550 kg, aproximadamente, porano. Em termos de lucros, o Brasil poderia gerar uma renda de 8 bilhões de reais por ano, apenas com a coleta seletiva, o que em números reais, não ultrapassa 3 bilhões. Toda essa ‘’riqueza’’ de resíduos tem como destino final três principais meios. Os lixões, uma forma inadequada de disposição final de resíduos sólidos, que se caracteriza pela simples descarga sobre o solo, sem medidas deproteção ao meio ambiente ou à saúde humana. É o mesmo que descarga a céu aberto ou vazadouro. Esses locais acarretam problemas à saúde humana, como proliferação de vetores de doenças (moscas, mosquitos, baratas, ratos, etc.), geração de maus odores e poluição do solo e das águas subterrânea e superficial; os aterros sanitários, uma técnica de disposição de resíduos sólidos no solo, sem causar danos ouriscos à saúde humana e a sua segurança, minimizando os impactos ambientais do lixão. Utiliza princípios de engenharia para confinar os resíduos à menor área possível, reduzindo o seu volume a níveis nem sempre favoráveis á biodegradação, cobrindo-os com uma camada de terra ou material inerte, na conclusão de cada jornada de trabalho, ou a intervalos menores. O aterro sanitário sem qualquer processoprévio de tratamento é para a grande maioria dos casos a forma mais utilizada em grandes centros urbanos. Sua viabilidade econômica é altamente questionada, em termos de custos ambientais e financeiros para as prefeituras. Como o processo de decomposição ocorre em ambiente anaeróbico, sem a presença de oxigênio, ocasiona a formação do danoso gás metano e citando por último, o tratamento do...
tracking img