Trabalhos de direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (392 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da 6ª Vara Criminal da comarca daCapital.




AUTOS Nº ___________________Paulo, já devidamente qualificado nos autos, por sua advogada, procuração anexada, vem pela presente oferecer RESPOSTA À ACUSAÇÂO, nos termos dos artigos, 396 e 396-A do Código deProcesso Penal. Pelos fatos e razões a seguir narrados:















I- DOS FATOS


Paulo foi denunciado pelo crime de portar Escrito ou Objeto Obsceno, com fundamentação legal noartigo, 234, do Código Penal, por carregar consigo em sua mochila revistas de conteúdo pornográfico as quais assumiu serem suas, mas apenas para o seu entretenimento pessoal e nada mais.

Ajustiça Publica, nesses termos oferece denúncia a 6ª Vara Criminal da Comarca da Capital, sendo dessa forma recebida pelo Juiz, que determina a citação do denunciado para oferecer Resposta à Acusaçãoa ele imputada.



II- DO DIREITO

DA NULIDADE:


A denúncia não deveria ter sido recebida em face da total incompetência da Vara Criminal perante o fato. Ocorrendo dessa forma a nulidadeexposta no artigo, 546, I, do Código de Processo Penal, qual seja a nulidade Ab Initio do feito.

Visto que o suposto crime acometido a Paulo é punido com pena máxima de até dois anos,tratando-se dessa forma de crime de menor potencial ofensivo e para tanto devendo ser julgado de acordo com o procedimento sumaríssimo no Juizado Especial Criminal, aplicado pela Lei. 9099/95 em seus artigos,60 e 61, da referida Lei.



DO MÉRITO

O acusado deve se sumariamente absolvido, com base no artigo, 397, III, do Código de Processo Penal. Por restar evidenciado a manifesta atipicidade daconduta, tendo em vista que o acusado apenas tinha aquele material para sua satisfação pessoal, o que aqui não caracteriza o elemento subjetivo do tipo do artigo, 234, qual seja para fim de comércio....
tracking img