Trabalhos cientificos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4437 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
XXVI ENEGEP - Fortaleza, CE, Brasil, 9 a 11 de Outubro de 2006

Abordagem quantitativa, qualitativa e a utilização da pesquisa-ação nos estudos organizacionais
Ana Cláudia Fernandes Terence (UNESP/FCAV) anaterence@fcav.unesp.br Edmundo Escrivão Filho (USP/EESC) edesfi@eesc.usp.br

Resumo Este artigo visa apresentar a pesquisa-ação como possibilidade para realização de pesquisas diante docontexto atual das organizações. Ainda, a partir dos pressupostos das abordagens quantitativa e qualitativa, justifica-se a utilização de ambas como forma de se atingir o objetivo de uma investigação. Tradicionalmente, a pesquisa quantitativa apresenta-se como predominante, porém destaca-se a utilização da abordagem qualitativa na interpretação das ações dos indivíduos, dos grupos ou dasorganizações em seu ambiente e contexto social. A pesquisa-ação, especificamente, nos estudos organizacionais apresenta-se como processo contínuo de aprendizagem com participação coletiva e transformação organizacional. Palavras-chave: Quantitativo/Qualitativo; Pesquisa-ação; Estudos organizacionais. 1. Introdução A pesquisa nas organizações, objeto de estudo em diversas áreas, entre estas a Engenharia deProdução e a Administração, engloba relações de caráter social e humano e vem se desenvolvendo e destacando, de maneira significativa, por estudos que valorizam o emprego de métodos quantitativos para descrever e explicar fenômenos. Observa-se, porém, que, mais recentemente, a abordagem qualitativa surge, nesta área, como promissora possibilidade de investigação (GODOY, 1995; NEVES, 1996). No campodos estudos organizacionais, podem-se utilizar diversas abordagens metodológicas, tanto de caráter quantitativo como qualitativo. Observe-se, entretanto, que a escolha de um ou outro tipo deve estar associada ao objetivo da pesquisa e que ambos apresentam características específicas, vantagens e desvantagens. Por outro lado, muitas vezes, pode-se fazer uso de diferentes métodos de formacombinada, recorrendo-se a mais de uma fonte para coleta de dados, aliando-se o qualitativo ao quantitativo (FREITAS et al., 2000). Este estudo visa apresentar a pesquisa-ação como possibilidade para a realização de pesquisas em estudos organizacionais. Pretende-se, ainda, a partir dos pressupostos das abordagens quantitativa e qualitativa e suas características, destacar o questionamento acerca daescolha de uma ou outra abordagem e, por fim, justificar a utilização de ambas como forma de se atingir o objetivo de uma investigação. 2. Abordagem quantitativa versus qualitativa As pesquisas, conforme as abordagens metodológicas que englobam, são classificadas em dois grupos distintos – o quantitativo e o qualitativo. O primeiro obedece ao paradigma clássico (positivismo) enquanto o outro segue oparadigma chamado alternativo. Nas ciências sociais, os estudos orientados pela doutrina positivista são influenciados inicialmente pela abordagem das ciências naturais, que postulam a existência de uma realidade externa que pode ser examinada com objetividade, pelo estabelecimento de relações causa-efeito, a partir da aplicação de métodos quantitativos de investigação, que permitem

ENEGEP 2006ABEPRO

1

XXVI ENEGEP - Fortaleza, CE, Brasil, 9 a 11 de Outubro de 2006

chegar a verdades universais. Sob esta ótica os resultados da pesquisa são reprodutíveis e generalizáveis (HAYATI; KARAMI; SLEE, 2006). Compreende-se o positivismo como uma combinação das idéias empiristas com a lógica moderna (que alia trabalhos de matemática e lógica) influenciado pelas descobertas da física,em especial pelas teorias da relatividade e quântica (ALVES-MAZZOTTI; GEWANDSZNAJDER, 2004; COBRA, 1999). Segundo o positivismo, a lógica e a matemática seriam válidas por estabelecerem as regras da linguagem, constituindo-se um conhecimento a priori, independente da experiência. Em contraste, o conhecimento empírico deve ser obtido a partir da observação e por meio do raciocínio indutivo. Os...
tracking img