Trabalhos bradesco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 199 (49692 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PREF DE PERUÍBE - PROFESSOR MARÇO/2012

OBRAS SUGERIDAS
Prescrições disciplinares já foram características extensivas
à prática docente; hoje, contudo, isto não é um consenso nem
mesmo entre as teorias pedagógicas. Por outro lado, se o mundo
mudou e mudaram também os alunos, o que se pode dizer da
escola e de nós, professores? Lançando mão destas imagens,
Aquino desafia o leitor acompreender a indisciplina como um
sintoma da relação educativa, relação esta que não se bastaria na
escola, mas atravessaria todas as institucionalidades estabelecidas
na sociedade. A partir de um ponto de vista sócio-histórico, o
artigo aborda a indisciplina como o resultado da emergência do
novo sujeito histórico caudatário da luta pela democratização da
sociedade brasileira.
Ocorre que ademocratização da escola no Brasil veio
acompanhada da deterioração das condições de ensino, de modo
que as estratégias de exclusão se sofisticaram, não eliminando
as características elitistas e militarizadas da escola de outrora.
Ainda que a indisciplina seja compreendida como sintoma de
práticas socialmente estabelecidas, o novo sujeito que frequenta a
escola encontra-se com velhas formasinstitucionais cristalizadas.
Assim, para o autor, a indisciplina torna-se uma “força legítima
de resistência e produção de novos significados e funções, ainda
insuspeitos, à instituição escolar.”
Por sua vez, observa-se nas escolas a predisposição por um
discurso particularista e culpabilizante em que o aluno torna-se
uma espécie de agente social irremediavelmente degenerado. Não
constituiexagero lembrar que a infraestrutura psicológica que se
espera do aluno, de inescapável cunho moral, é anterior a escola. O
reconhecimento da autoridade externa, que passa inevitavelmente
pela assunção da alteridade pela co-existência com o outro, faz-se
em condição prévia ao trabalho escolar. Atualmente, se espera que
valores como solidariedade, reciprocidade, cooperação, partilha
deresponsabilidades e permeabilidade a regras comuns sejam
ensinadas na escola, quando a escola é espaço de exercício dessas
condutas ensejadas no seio familiar. Júlio Aquino reconhece,
enfim, que vivemos o esfacelamento do papel clássico da
instituição familiar e a indisciplina não é mais do que um efeito
dessa situação.
Qual seria a função da escola? Para Aquino, permanece
sendo a mesma:repetição e legitimação da cultura produzida
pela humanidade. O foco de ação da escola, este sim precisa ser
alterado; não são as questões morais ou psíquicas que devem
mobilizar as energias, mas a desconstrução e reconstrução dos
processos e fatos cotidianos - fornecendo ao aluno repertório
para o exercício de seus dilemas e possibilidade de apreensão
do mundo - que devem orientar as práticasescolares. Da relação
professor-aluno emergem as questões que devem ser abordadas
como matéria de conhecimento e investigação. Conhecer provoca
desordem, desobediência e inquietação. Transformar isto em
ciência exige fidelidade ao contrato pedagógico a partir de um
investimento contínuo nos vínculos concretos estabelecidos entre
professor e aluno, de modo que se encontre permeabilidade para amudança e para a invenção de uma nova ordem pedagógica.

BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E
DO DESPORTO. SECRETARIA DE
EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL.
PARÂMETROS CURRICULARES
NACIONAIS: 1A. A 4A. SÉRIES DO ENSINO
FUNDAMENTAL: INTRODUÇÃO DOS
PARÂMETROS CURRICULARES.
BRASÍLIA: MEC/SEF, 1998.
A matéria encontra-se no CD.

AQUINO, JÚLIO GROPPA. A DESORDEM
NA RELAÇÃO PROFESSOR ALUNO:
INDISCIPLINA,MORALIDADE E
CONHECIMENTO. IN: AQUINO, JULIO
GROPPA. INDISCIPLINA NA ESCOLA:
ALTERNATIVAS TEÓRICAS E PRÁTICAS.
SÃO PAULO: SUMMUS, 1996.

É falando sobre o papel da escola que Aquino inicia este
capítulo. Levanta opiniões diversas sobre a função da educação
e define por onde caminhará seu texto: “dois olhares distintos
sobre o tema: um sócio-histórico, tendo como ponto de apoio os...
tracking img