Trabalhos academicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2655 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MOTIVOS DE ADESÃO Á PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA NA VIDA ADULTA INTERMEDIÁRIA
Danilo Lopes Baião
Gabriela Bastos de Souza
Giovani Luiz Paternostro
Lilian Oliveira dos Santos
Unicastelo- Educação Física Bacharelado- 2012

RESUMO

INTRODUÇÃO
O ser humano, através dos tempos, vem procurando criar meios para tornar sua vida cada vez mais cômoda e repleta de facilidades, sendo que, aevolução industrial de bens de consumo tem oferecido um estilo de vida mais confortável a cada dia. Essas comodidades trouxeram, como contrapartida, o sedentarismo e diversos fatores que influenciam na má qualidade de vida das pessoas.
O sedentarismo é caracterizado pela ausência de atividade física regular, atualmente é considerado tão prejudicial á saúde quanto qualquer outro tipo de doenças, podendoacarretar um custo econômico a médio e longo prazo, para o indivíduo, a família e para a sociedade (CONFEF2004).
A vida moderna tem como consequência diversos malefícios á saúde, como por exemplo, a obesidade, os quais alertaram ao ser humano que, as comodidades são-lhe úteis, no entanto, faz-se necessário igualmente cuidar do aspecto físico do corpo. Então, atualmente a qualidade de vida é umfator que almejado pela maioria da população e representa uma necessidade permanente.
Com a crescente difusão de informações e imagem a respeito de saúde, as pessoas passaram á sentir uma necessidade em cuidar do próprio corpo e obter um organismo mais saudável, mantendo um equilíbrio entre as faculdades físicas e as mentais, base para o desenvolvimento harmônico do ser. Portanto, as pessoas iniciama prática de atividade física por motivos variados.
Desta forma, esta pesquisa pretende confirmar quais os motivos da adesão á prática de atividade física de um grupo na fase da vida adulta intermediaria.

A PRÁTICA DE ATVIDADE FÍSICA E A FASE DA VIDA ADULTA I NTERMEDIÁRIA

O sedentarismo é considerado a doença do século e está associado ao comportamento cotidiano, decorrente dos confortosda vida moderna e o acúmulo de tarefas diárias que diminui as oportunidades da prática de atividades física. O sedentarismo ainda está associado aos agravos de doenças cardiovasculares, diabetes, hipertenção arterial, colesterol alto, obesidade, entre outras doenças, além de provocar um processo de regressão funcional, como a perda de flexibilidade articular.
Diversos estudos mostram aimportância da pratica regular de exercícios físicos, que oferece inúmeros benefícios, tanto fisiológicos como também na esfera psicológica, sendo apontado como prevenção e tratamento para diversos males de saúde e também para obtenção de um estilo de vida saudável. Apesar da vantagem dos exercícios físicos, grande parte da população é inativa ou se exercita em níveis insuficientes para alcançar resultadossatisfatórios à saúde. Muitas pessoas não conseguem manter-se na pratica por longos períodos.
No Brasil mais de 60% dos adultos que vivem em áreas urbanas não praticam um nível adequado de exercício físico. Esse problema fica mais claro quando levamos em conta os dados do censo de 2000, que mostram que 80% da população brasileira vivem nas grandes cidades. Em todo o mundo observa-se um aumentoda obesidade, o que se relaciona pelo menos em parte à falta da prática de atividades físicas. No qual a maior parte do tempo livre é passado assistindo televisão, usando computadores, jogando videogames, etc.
A vida adulta é a parte mais longa do ciclo vital, sendo geralmente dividida em três períodos principais: a idade adulta jovem ou inicial compreende a partir dos 20 anos, a idade adultaintermediária a partir dos 40 aos 60 anos e posteriormente a esta, a idade adulta tardia ou velhice (KAPLAN, 1999). As condições fisiológicas com que se chega à vida adulta dependem, em grande medida, da forma como se viveu ou se passou pelas fases do desenvolvimento.
A idade adulta intermediária ou maturidade intermediária, também chamada de meia-idade, é um período da vida em que temos uma...
tracking img