Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (390 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ênfase nas competências e competitividade
Ênfase na Competência
A gestão por competências refere-se ao conjunto de ferramentas capazes de promover o contínuo aperfeiçoamento dos Conhecimentos,Habilidades e Atitudes de cada empregado pertencente à organização (RABAGLIO, 2004). Esse conceito trata a competência como um termo amplo, composto por aspectos intelectuais, emocionais e morais,importantes para o desempenho adequado das funções nas quais o profissional é dito competente.
A administração de pessoas foi evoluindo ao longo do tempo. As pessoas que no início das organizaçõesindustriais eram vistas como objetos a serem manipulados em função dos níveis de produção, passaram a ter importância cada vez maior à medida que se começou a caminhar em direção a uma nova sociedade,denominada por Drucker (1993) de Sociedade do Conhecimento, mesmo porque, são as pessoas as responsáveis pela implementação e execução das estratégias empresariais.
Conforme Teló (2001, p. 23), “essaevolução envolve um pensamento renovador sobre
a maneira pela qual as pessoas, o trabalho e as informações podem ser reunidos em novas formas de organização capazes de realizar níveis significativamentemais altos de desempenho continuado”. Desempenho este que está ligado aos conhecimentos, habilidades e atitudes que uma pessoa possui, os quais contribuem para a geração de valor para a organização,fazendo com que o desempenho individual, reflita no desempenho da organização (MARRAS, 2000).
A gestão por competências, conforme exposto, vem recebendo cada vez mais atenção por parte das organizações.Nesse sentido conhecer como acontece esse processo e verificar se os subsistemas recursos humanos estão alinhados com a proposta de gestão por competências é muito importante e permite interferir deforma pontual, possibilitando seu ajuste.
Ênfase na Competitividade
Conforme sugerem Machado-da-Silva e Fonseca (1996) e Ferraz, Kupfer e Haguenauer (1997), a competitividade não deve ser vista...
tracking img