Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1932 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 TRABALHO DECENTE 4
2.1 DEFINIÇÃO DE TRABALHO DECENTE 4
2.2 PRIORIDADES DA AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE 4
2.3 QUAIS FORAM OS AVANÇOS DESDE 2003 NESTAS PRIORIDADES 5
2.4 TRABALHO DECENTE EM SUA REGIÃO, SEGUNDO A RESOLUÇÃO OIT 5
2.5 VIABILIDADE DO TRABALHO DECENTE PARA AS EMPRESAS 6
2.6 PAPEL DO ADMINISTRADOR NA PROMOÇÃO DO TRABALHO DECENTE 7
2.7ANÁLISE DE COESÃO E COERÊNCIA DOS TEXTOS 7
3 CONCLUSÃO 8
REFERÊNCIAS 9
INTRODUÇÃO

Percebe-se na trajetória histórica do Brasil em relação ao trabalho que houve muita dominação de povos sobre outros povos visando um trabalho escravo e em péssimas condições até mesma de existência da vida. Um exemplo histórico foi a dominação sobre os povos africanos. A trajetória históricadesse povo é marcada por muito sofrimento, dominação e discriminação contra o ser humano em que estes foram vítimas do tráfego para ser impostos a condições de trabalho escravizados no Brasil. Mas a dominação não foi só com esses povos, prevaleceu também por muito tempo entre classes mais favorecidas sobre as menos favorecidas.
Porém nos dias atuais diante das normas vigentes que proíbeo trabalho escravo, defende e valoriza o Trabalho Decente é que se impõe uma nova realidade. Uma realidade que precisa ser vigiada para ter seus direitos protegido.
Assim, o Trabalho Decente apontado pela Organização Internacional do Trabalho – OIT e por acordos entre lideranças trás dentre outras possibilidades para aquele que busca viver do seu trabalho a garantia de uma vida dignae livre de qualquer forma de discriminação.
Desse modo, a Agenda Nacional de Trabalho Decente se fundamenta na busca de gerar Trabalho Decente para combater a Pobreza e as Desigualdades Sociais. Para isso, apóia-se em pilares estratégicos e para promovê-los propõem três prioridades para atingir os direitos fundamentais de dignidade no trabalho, proteção social e o diálogo social.TRABALHO DECENTE

1 DEFINIÇÃO DE TRABALHO DECENTE

O conceito de Trabalho Decente foi introduzido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) [01], em 1999, e visa a traduzir o objetivo de garantia a todas as pessoas oportunidades de emprego produtivo, em condições de liberdade, equidade, segurança e dignidade.

Entende-se como ‘oportunidade de empregoprodutivo’ a garantia a todos que queiram trabalhar da chance de efetivamente encontrar um emprego, o qual seja instrumento que permita o alcance de um nível de bem-estar aceitável ao trabalhador e sua família. ‘Emprego em condições de liberdade’ refere-se ao fato de que o trabalho deve ser livremente escolhido e o direito de participação dos trabalhadores em organizações sindicais. ‘Emprego emcondições de equidade’ traduz a necessidade de tratamento justo e equitativo aos trabalhadores, respeitando-se as diferenças, repugnando-se as discriminações, além de possibilitar a conciliação entre trabalho e família. Já ‘emprego em condições de segurança’ sublinha a preocupação com a proteção à saúde dos trabalhadores, assim como sua proteção social, em caso de problemas nessa área. Por fim,‘emprego em condições de dignidade’ pressupõe o respeito aos trabalhadores e a possibilidade de participação nas decisões relativas às condições de trabalho.

2 PRIORIDADES DA AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE

A Agenda Nacional de Trabalho Decente se estrutura a partir de três prioridades:

Prioridade 1: Gerar Mais e Melhores Empregos, com Igualdade de Oportunidades e deTratamento.Agenda Nacional de Trabalho Decente

Prioridade 2: Erradicar o Trabalho Escravo e Eliminar o Trabalho Infantil, em especial em suas piores formas.

Prioridade 3: Fortalecer os Atores Tripartites e o Diálogo Social como um instrumento de governabilidade democrática.

3 QUAIS FORAM OS AVANÇOS DESDE 2003 NESTAS PRIORIDADES

São inúmeros os avanços alcançados dentre eles...
tracking img