Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 

Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

 
  Disciplina: Prof.(a): Aula: Semestre: Economia e Modelo de Gestão

Joenice Leandro Diniz 02 - Divisão do Estudo Econômico 1º

O Programa Bolsa-Família e a farsa dos indicadores econômicos O Brasil vai de mal a pior, mas a população está iludida do contrário. O “progresso” percebido na redução da miséria é uma farsa: não foi feita qualquerdistribuição real de renda, foi feito apenas um mascaramento temporário da desigualdade econômica. Devido a fatores quase sempre ausentes nas análises tanto dos “especialistas” quanto dos entusiastas, o Programa Bolsa-Família trará muito mais prejuízos que benefícios se continuar com seu atual formato. Quando uma bola de neve rola montanha abaixo, todos os seus índices são positivos: seu tamanhoaumenta consistentemente, sua velocidade aumenta consistentemente, sua inércia aumenta consistentemente. Do mesmo modo, todas as projeções que se pode fazer levando em consideração qualquer série histórica de dados pertinentes à bola de neve são positivas: seu tamanho continuará a aumentar de modo previsível, sua velocidade continuará a aumentar de modo previsível e sua inércia continuará aaumentar de modo previsível. Mas há um porém. Em um determinado momento, devido a um fator alheio ao desenvolvimento registrado e ao desenvolvimento previsto da bola de neve, ocorrerá uma ruptura drástica e violenta no sistema. Quando este fator se manifestar, não haverá tempo para corrigir a rota de desenvolvimento da bola de neve: não será possível modificar seu tamanho ou dividi-la em unidades menorespara facilitar seu gerenciamento, não será possível desacelerá-la gradualmente para reduzir o impacto e não haverá modo de evitar que sua inércia – até aquele momento coerente com o rumo de seu desenvolvimento – se converta no maior fator de destruição e geração de caos jamais imaginado por quem estava analisando o desenvolvimento da bola de neve com base em seus indicadores históricos. A mesmacoisa está acontecendo com a economia brasileira. Estamos assistindo uma farra de índices positivos: nunca antes na história deste país tanta gente saiu da miséria absoluta, tornou-se consumidor, aprovou tão intensamente um governo. Com base nesta série histórica, projeções são feitas de que o Brasil vai crescer tanto em um ano, tanto em cinco anos e tanto em dez anos, sendo que tudo que énecessário é manter no governo as políticas que geraram estes resultados até agora. É por isso que tanto o governo quanto a oposição reclamam a paternidade do Programa Bolsa-Família, que é o carro-chefe deste desenvolvimento aparente. Mas nenhum deles parece ciente – e, se está, esconde muito bem, porque seria suicídio eleitoral reconhecer isso – que este “desenvolvimento” não passa
UNOPAR VIRTUAL

 Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

 
 

de uma bola de neve que vai colapsar logo adiante a não ser que este programa seja drasticamente modificado com urgência. A grande falha técnica do Programa Bolsa-Família O Bolsa-Família não redistribui renda. O Bolsa-Família distribui dinheiro. Renda é a soma dos valores pagos aos fatores de produção para obter o produto num determinadoperíodo. O Bolsa-Família não remunera os fatores de produção para obter um produto, o Bolsa-Família remunera a improdutividade. Portanto, o Bolsa-Família não distribui renda, ele apenas distribui dinheiro. Mas o dinheiro tem que vir de algum lugar. De onde vem o dinheiro distribuído pelo Bolsa-Família? Vem dos impostos diretos e indiretos sobre a renda (genericamente falando, não estou falando só de IRPFe IRPJ). Ou seja, o Programa Bolsa-Família parasita a renda para distribuir dinheiro. “Parasita”?!?! - Peraí, Arthur, você está chamando de “parasitismo” um programa social que tirou da miséria milhões de brasileiros? É isso mesmo? É. E não é “falta de sensibilidade social” da minha parte, não. Justamente pelo contrário. É por estar extremamente preocupado com o futuro de toda essa gente hoje...
tracking img