Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A VISÃO DA BUROCRACIA PARA MAX WEBER

O modelo burocrático segue preceitos rígidos e disciplinares. Os pressupostos dessa teoria saíam em defesa de aspectos coerentes coma visão racionalista do ser humano: Organização Informal, sendo imprevista, não é racional. Não sendo racional, não é desejada nas organizações burocráticas.
A partir da décadade 1940, as críticas feitas à Teoria Clássica, pelo seu mecanicismo e à Teoria das Relações Humanas, por seu romantismo ingênuo revelaram a falta de uma teoria da organização sólida eabrangente que servisse de orientação para o administrador.
Alguns estudiosos foram buscar nas obras de um economista e sociólogo já falecido, Max Weber, a inspiração para essa novateoria da organização. Surgiu assim, a Teoria da Burocracia na Administração. A Teoria da Burocracia desenvolveu-se na Administração em função dos seguintes aspectos: A fragilidade e aparcialidade das Teorias Clássica e das Relações Humanas, ambas oponentes e contraditórias, mas sem possibilitarem uma abordagem global e integrada dos problemas organizacionais.A necessidade de um modelo de organização racional capaz de caracterizar todas as variáveis envolvidas, bem como o comportamento dos membros dela participantes, e aplicável não somenteà fábrica, mas a todas as formas de organização humana, e principalmente às empresas.
O ressurgimento da Sociologia da Burocracia, a partir da descoberta dos trabalhosde Max Weber, seu criador. A Sociologia da Burocracia propõe um modelo de organização, e as organizações não tardaram em tentar aplicá-lo na prática, proporcionando as bases da Teoria daBurocracia. Weber entende que o Espírito do Capitalismo é constituído por uma ética peculiar, que segundo ele, pode ser explicada nitidamente por trechos do discurso de Benjamin Franklin.
tracking img