Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4119 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
POLÍCIA COMUNITÁRIA COMPARADA – INTERNACIONAL
Elaboração: Coronel PMSC Jari Luiz Dalbosco e
modificado pela SENASP pata fins didáticos.

A discussão de novos modelos para o emprego operacional e jurídico das polícias
mundiais é global. Inúmeros países estão insatisfeitos com as metodologias
adotadas pelas suas instituições, fazendo com que aumente a discussão em todo o
mundo. Um dos temasmais atuais, o policiamento comunitário, tem mostrado a
grande possibilidade de ampliar essa discussão, pois aproxima a comunidade das
questões de Segurança Pública.
Para efeito de estudos, foram analisadas as experiências nos Estados Unidos da
América, Canadá, Japão e a introdução da Polícia de Proximidade nos países
latinos da Europa, principalmente na Espanha e na França, além da provínciacanadense de Quebec e as experiências de alguns países da América do Sul.

1.1 . OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
Com base em estudos realizados recentemente, verificou-se que com o advento do
automóvel, o policial se afastou do convívio mais estreito com as pessoas. Abrigado
contra o mau tempo, patrulhando ligeiramente ruas e logradouros, sem observar
detalhes e sem colher informaçõespreciosas, o policial passou muito mais a reprimir
do que a prevenir delitos, ou seja, a ação policial vinculada ao atendimento rápido
(tempo-resposta).
Em diversas experiências realizadas em cidades americanas, constatou-se que o
aumento ou diminuição dos recursos policiais, tanto humanos quanto tecnológicos,
não influenciava na queda dos índices de criminalidade e na melhora da sensação
desegurança pela população. A técnica criada na década de 70, conhecida como
tempo-resposta (tempo que uma patrulha, depois de acionada pelo rádio demorava
a chegar ao local do fato) mostrou-se insuficiente para prevenir a criminalidade,
determinando, ao contrário, um aumento no número de ocorrências atendidas pela

2

polícia. Mesmo sendo um país adiantado e rico, os EUA levaram cerca de 40 anospara perceberem a necessidade de mudanças, pois a polícia era vista também como
um dos principais instrumentos políticos do governo.
A partir de 1992, com os fatos ocorridos em Los Angeles, em virtude da excessiva
violência policial, e a alta corrupção das polícias, com destaque para Nova Iorque, o
governo Bill Clinton, destinou recursos anuais no valor de US$ 8 bilhões, para
treinamento,tecnologia e aproximação da comunidade, no programa chamado de
Policiamento Comunitário. Ele criou um organismo denominado COPS – Community
Oriented Police Services, vinculado ao Departamento de Justiça, com a missão de
reformular as polícias estaduais e municipais, introduzindo programas comunitários,
motivando a participação do cidadão e estimulando a valorização do serviço policial.
Foramcriadas também inúmeras Organizações Não-Governamentais – ONGs com o
objetivo de coordenar os gastos dos recursos com a polícia, com a participação da
comunidade e fazer estudos para o aprimoramento da filosofia de Polícia
Comunitária em todo o Estado Americano.
Todas as iniciativas na Polícia Comunitária são analisadas e difundidas por todo o
país, as melhores ganham prêmios e são citadas noCongresso Americano.
Algumas ONGs que se destacam neste trabalho são: Instituto Vera, sediado em
Nova Iorque, o PERF – Police Executive Research Fórum, sediado em WashingtonDC e o Community Police Consortium, associado ao PERF e também sediado em
Washington.
O principal programa comunitário desenvolvido nos EUA é:
a. “Tolerância Zero – Programa desenvolvido dentro do critério de que
qualquerdelito (de menor ou maior potencial ofensivo) deve ser coibido
com o rigor da lei”. Não apenas os delitos, mas as infrações de trânsito e
atos anti-sociais, como: embriaguez, pichações, comportamentos de
moradores de rua, dentre outros. O programa exige a participação
integrada de todos os órgãos públicos locais, fiscalizados pela
comunidade, não é uma ação apenas da polícia. A cidade que...
tracking img