Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4848 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO
ESCOLA DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
CURSO DE






Pais e mães de cachorros: reflexões acerca do amor dos proprietários a seus animais em uma perspectiva dada a partir de Erich Fromm.





Elias José Gomes de Oliveira




Rio de Janeiro, set 2012





ELIAS JOSÉ GOMES DE OLIVEIRA
Aluno do Curso de .... da UCBMatrícula 2009170047



Pais e mães de cachorros: reflexões acerca do amor dos proprietários a seus animais em uma perspectiva dada a partir de Erich Fromm.







Trabalho de revisão bibliográfica entregue à disciplina Metodologia do Trabalho Científico e Profissional.


























Rio de Janeiro,set. 2012










SUMÁRIO
Página
1. Introdução X
2. Revisão Bibliográfica Y
3. Conclusão Z
Referências Bibliográficas W













































1.0 Introdução
O crescimento do número de clínicas veterinárias e lojas de artigos paraanimais de companhia no Brasil, denota a disposição cada vez maior dos proprietários em cuidar da estética e da saúde de seus animais (CARVALHO, 1997).
A fim de tornar o trabalho oferecido diferenciado, atrativo e atender as exigências impostas por esse novo e crescente mercado, as especializações em medicina veterinária estão cada vez mais diversificadas. São exames de raioX, ultra-sonografia, endoscopia, cirurgias cardíacas, centros de tratamento intensivo, enfim, uma infinidade de tecnologias sofisticadas que são oferecidas (CARVALHO, 1997). Ao lado disso, questões correlatas se impõem: e as relações humanas? Como ocorre a abordagem clínica de quem oferece esses serviços aos proprietários dos animais? O que o animal representa para esse proprietário a fim dereceber tratamentos veterinários de tamanha especialização?
Todo o aparato oferecido atualmente pela medicina veterinária está intimamente ligado à relação estabelecida entre o homem e seu animal de estimação. É graças à estima que sentem por seus animais que os proprietários ajudam a movimentar as indústrias farmacêuticas, de alimentos, de equipamentos médicos e, também, apesquisa científica e o trabalho nas clínicas veterinárias.
Segundo Fromm (1966), a necessidade crescente e permanente em superar a separação da natureza é potencializada no mundo contemporâneo forjado pelo sistema capitalista de produção. O homem atual, como em qualquer outra época vivida, busca a união para reduzir essa separação. Tal busca é interpessoal, porém,contemporaneamente, em um mundo que se caracteriza pela velocidade das informações e pela competitividade (seja nas relações pessoais, seja no trabalho), a insegurança e a descrença no próprio ser humano sustentam o crescente culto ou à religiosidade ou ao consumismo como forma de cultivar objetos de satisfação. A união com um animal de estimação poderia se inserir nessa lógica que permitiria buscar asuperação do sentimento de separação da natureza.
Pressupondo que o sentimento capaz de manter a relação do proprietário com o seu animal de estimação, seja o amor esse trabalho questiona: baseado nas obras de Erich Fromm, qual a natureza desse amor? O objetivo da pesquisa é descrever a natureza do amor que reside no proprietário em relação ao seu cão.O método eleito para a realização dessa pesquisa é o de revisão bibliográfica.


2.0 Revisão Bibliográfica
2.1 O cão como depositário de amor
A relação entre homens e animais data de séculos e o processo de domesticação faz parte da cultura da humanidade. A domesticação conferiu aos animais diferentes fins:...
tracking img