Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1104 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES INTEGRADAS APARÍCIO CARVALHO – FIMCA

DEFICIÊNCIA AUDITIVA

PORTO VELHO/RO
2012
Deficiência auditiva também conhecida como surdez ou hipoacústico, é a perda parcial ou total da audição. Pode ser de nascença ou causada posteriormente ao nascimento. É classificado como surdo, quando sua audição não é funcional em sua vida comum; hipoacústico é quando sua audição ainda quedeficiente, é funcional em sua vida com ou sem uso de prótese auditiva.
A hipoacústica classifica-se em função do grau da perda auditiva, sua ordem e localização:
Deficiência de transmissão: quando o problema se localiza no ouvido externo ou no ouvido médio;
Deficiência mista: quando o problema se localiza no ouvido médio;
Deficiência interna ou sensorioneural: quando se origina no ouvido interno eno nervo auditivo.

Principais patologias do ouvido
As principais patologias do ouvido humano são: as ligadas à membrana timpânica, a deficiência de transmissão sonora no sistema tímpano-ossicular, a rigidez nos ligamentos de suporte ossicular, a timpanoesclerose, a fixação do martelo, a ausência no reflexo estapediano, a paralisia do nervo do músculo estribo, a complacência da membranatimpânica ou a sua rigidez, a lesão retrocloclear e a surdez psicogênica que é um dos distúrbios psicogênicos.

Etiologia da surdez
Pode- se dividilas em pré-natais, peri-natais e pós-natais.
As causas pré-natais são:
* Hereditárias (A deficiência auditiva pode ser transmitida geneticamente de geração em geração, particularmente quando existem casos de surdez na família);
* Doençasadquiridas pela mãe durante a gravidez, tais como:
* Rubéola;
* Sífilis;
* Toxoplasmose;
* Citomegalovirus;
* Herpes;
* Intoxicações intra-uterinas;
* Agentes Físicos (como, por exemplo, os raio-X);
* Alterações Endócrinas (Diabetes ou Tiróide);
* Carências Alimentares.
As causas peri-natais podem ser:
*Traumatismos Obstétricos;
* Anóxia.
As causas pós-natais podem ser:
* Doenças infecciosas;
* Bacterianas (ex.: meningites, otites, inflamações agudas ou crónicas das fossas nasais e da naso-faringe);
* Virais;
* Intoxicações;
* Trauma Acústico.
A classificação por forma de comunicação se dá em 3 divisão: surdos oralizados aquele que se comunica utilizando a língua oral e aescrita; surdo sinalizado aquele que se comunica utilizando alguma forma de língua gestual; surdo bilíngue aquele que se comunica utilizando ambas as formas de comunicação.

A T.O é indicada ao deficiente auditivo quando há :
* Dificuldades em realizar de maneira satisfatória as atividades escolares, sociais, de lazer e auto- cuidado.
* Indicação para melhorar o desempenho funcionalda pessoa, prevenir incapacidades e evitar o atraso no desenvolvimento.
* Características que podem ser encontradas nas crianças com deficiência auditiva
* Processamento auditivo dificultado ou inexistente
* Dificuldade de atenção / concentração
* Defasagem na aprendizagem escolar
* Prejuízo no controle postural em função de alterações no sistema vestibular em decorrência dasurdez
* Atraso na coordenação motora
* Dificuldade em esperar
* Menor planejamento da conduta e capacidade de antecipar situações
* Limitações em receber as informações do meio externo
* Dificuldades para realizar operações como formular hipóteses
* Dificuldades na comunicação e restituição de acontecimentos que deseja expressar
* Limitação do jogo simbólico
*Restrições quanto ao pensamento abstrato:
* Habilidades percepto- cognitivas (ex: conceitos básicos, esquema corporal, consciência corporal, nível de atenção/concentração…)
* Habilidades afetivas (ex: autoestima, auto conceito, sentido de competência, limiar de frustração…)
* Habilidades sociais e morais (adequação e interação social, saber cooperar, dividir, noção de limites…)
*...
tracking img