Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (308 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Hospedagem no Rio de Janeiro é mais cara que em Nova York



A

Hoteis.com acaba de divulgar a edição 2012 do HPI (Hotel Price Index), estudo que analisa asprincipais oscilações de preços nos quartos de hotéis nas principais cidades ao redor do mundo.


Segundo a edição 2012 do HPI (Hotel Price Index) – estudo do Hoteis.com queanalisa as principais oscilações de preços nos quartos de hotéis em diversas cidades do mundo – no último ano, o aumento das tarifas no Brasil foi de 10%. O índice ficou acima damédia global, de apenas 4%.


Em uma base de comparação anual, os preços caíram 2% na Ásia, mas aumentaram em outras regiões incluindo 8% no Pacífico, 5% na América doNorte, 4% na América Latina, 3% no Caribe e 2% na Europa e Oriente Médio.


Dos destinos brasileiros, Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, foi considerada a cidade maiscara para se hospedar no Brasil, cobrando R$ 430 mesmo com uma queda de 19%, em relação a 2010. Porém, entre as metrópoles brasileiras, a cidade do Rio de Janeiro foi consideradaa mais cara no país, com 11% de aumento nos preços das hospedagens. A capital fluminense também foi apontada como o destino mais caro em hotéis cinco estrelas, com uma tarifamédia de R$ 1.178 por noite. Segunda no ranking, Nova York tem uma diária média de R$ 970 em hotéis de alto padrão. Lisboa foi considerada a mais barata em acomodações dessacategoria, com diária de apenas R$ 308.


Na América Latina, as hospedagens que tiveram maior queda nos preços foram Iguazu, na Argentina, com diária de R$ 283, uma redução de10% em relação ao valor praticado em 2010. Riviera Maya, no México, de R$ 287, 9% menor. Já Bariloche, na Argentina, apresenta diária de R$ 293, registrando decréscimo de 8%.
tracking img