Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (701 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Orientação para realizar a atividade:

O aluno deverá rever os pontos da aula ministrada por seu professor, consultar seu material didático e,
se necessário, a biblioteca virtual da Estácio pararesponder e aperfeiçoar os casos concretos desta
aula. A atividade deverá ser feita em arquivo word (.doc), com cabeçalho identificador da atividade ealuno/Instituição/Cursor/Campus/Disciplina/Turma/Aluno/Semana), contendo apenas as respostas
fundamentadas e enriquecidas em pesquisa bibliográfica e com a indicação da fonte bibliográfica da
pesquisa na forma da ABNT a ser inserida no item"Referências". As questões abaixo são discursivas, o
que requer uma resposta na forma de redação. O arquivo deverá ser anexado no ambiente do webaula
no prazo estipulado.

Caso 1 - Caso 2 - J.J Rousseau:soberania popular e a vontade geral
Papa diz que só a "lei de Deus" pode garantir direitos do homem
Cidade do Vaticano, 5 out (EFE).- O Papa Bento XVI afirmou hoje no Vaticano, no último dia dasessãoplenária da Comissão Teológica Internacional, que só a lei de Deus pode garantir os direitos fundamentais do homem, fazendo uma referência à História, que segundo ele mostra que "as maiorias podem seequivocar". (...)

(Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2007/10/05/ult1766u23968.jhtm)
Com base na notícia acima, responda:

1. Na visão contratualista de Rousseau, em que fundamentojurídico-político se alicerça a legitimidade
do poder estatal? E do direito? Fundamente sua resposta.

2. Analisando o texto acima, é possível afirmar uma convergência entre a visão do Papa e a deRousseau no que se refere à vontade das maiorias como possível fonte de decisões? Justifique sua resposta.

Caso 2 - VOTOS NULOS E BRANCOS ASSUSTAM JUSTIÇA ELEITORAL

A ideia de usar o voto brancoou nulo como protesto contagiou jovens, apesar da intensa tentativa dos
políticos em conquistar o eleitor. Quem tem o poder de escolha reclama. "Vou votar tudo nulo. Hoje em
dia, não acredito...
tracking img