Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1420 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é primeiros socorros?
Tem o objetivo de fornecer apenas um atendimento temporário à vítima até que seja possível conseguir o auxílio médico profissional.

Aplicados de forma correta, os primeiros socorros podem significar:
1-A diferença entre a vida e a morte;
2-A diferença entre uma recuperação rápida e uma hospitalização prolongada;
3- A diferença entre uma incapacitação temporáriae uma invalidez permanente.

Como reconhecer uma emergência:
O primeiro passo é saber reconhecer uma emergência, ou seja, perceber que alguma coisa está errada, notando mudanças na aparência, ou na atitude de alguém, ou de uma circunstância.

Chamar o resgate:
A maioria das pessoas tem dificuldades para decidir se deve chamar o resgate; ficam esperando para ter absoluta certeza que asituação é grave, ou então, decidem levar a vítima para um hospital por seus próprios meios.

Essas atitudes colocam a vítima em risco, pois a equipe do resgate é treinada e especializada, possui equipamentos apropriados a estabilizar os sinais vitais da vítima, bem como imobilizá-la e transportá-la da maneira correta, o que não acontecerá num veículo particular.

Quando chamar o resgate:
Saber quandochamar o resgate é fundamental por dois motivos principais:
1. Para não desperdiçar o tempo da equipe do resgate;
2. Para não comprometer as chances de sobrevivência da vítima;
Portanto, a decisão pode estar ocupando uma tênue posição entre chamar ou não o resgate. Se você estiver na dúvida sempre telefone para o resgate, o atendente fará algumas perguntas que deixará claro a necessidadeda presença do resgate no local ou orientará a sua próxima atitude.

• Sinais e sintomas que demandam transporte imediato:
• Desmaio sucessivo;
• Dor ou pressão toráxica ou abdominal;
• Tontura repentina, fraqueza ou alteração na visão;
• Sangramento que não parem mesmo após 10 – 15 minutos de pressão direta;
• Lesões que provocam alterações nos movimentos ou nasensibilidade;
• Alucinação ou perda do raciocínio lógico;
• Perda de consciência ou cegueira, vômito contínuo por lesão na cabeça;
• Risco de lesão na coluna vertebral;
• Queimadura grave;
• Suspeita de envenenamento e outro.
Informações necessárias para o acionamento do resgate:
Ao chamar o resgate, o atendente em geral irá fazer algumas perguntas.
1. Responda comcalma e pausadamente:
2. Diga seu nome e o número do telefone de onde está ligando, isso evitará trotes e permitirá que o atendente chame de volta caso precise de alguma informação adicional;
3. Diga o local onde está a vítima, indicando pontos de referências que ajudem a encontrar o local;
4. Diga o que aconteceu e qual a natureza da emergência;
5. Diga o número de vítimas e procuredescrever qualquer condição especial necessária;
6. Diga em que condição que se encontra a vítima e qualquer providência que já tenha sido tomada (se a vítima está consciente, se há sangramento, se está presa no interior de veículo...);
7. Somente desligue o telefone quando o atendente autorizar.

• Se todos soubessem noções básicas de primeiros socorros muitas vidas poderiam sersalvas. Iremos apresentar alguns procedimentos que poderão auxiliá-lo em caso de emergência.


TRANSPORTE DE VÍTIMAS
• Se houver suspeita de fraturas no pescoço  e nas costas, evite mover a pessoa.
• Para puxá-la para um local mais seguro, mova-a de costas, no sentido do comprimento com o auxílio de um casaco ou cobertor.
• Para erguê-la, você e mais duas ou três pessoas devem apoiar todo ocorpo e colocá-la numa tábua ou maca. Se precisar, improvise com pedaços de madeira, amarrando cobertores ou paletós.
• Apóie sempre a cabeça, impedindo-a de cair para trás.
 
PARADA CÁRDIO-RESPIRATÓRIA
O que acontece
Além de apresentar ausência de respiração e pulsação, a vítima também poderá apresentar inconsciência, pele fria e pálida, lábio e unhas azulados.
O que não se deve fazer...
tracking img