Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1109 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO DE ENSINO HUMBOLDT
TECNICO EM ANÁLISES CLÍNICAS

ÉTICA FARMACÊUTICA
FARMACÊUTICOS COMPROMISSO COM A SAÚDE OU COM O COMÉRCIO
EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO

VITÓRIA
2012

LEIDIANE CANDIDO SOUZA

ÉTICA FARMACÊUTICA
FARMACÊUTICOS COMPROMISSO COM A SAÚDE OU COM O COMÉRCIO
EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO

Trabalho apresentado como requisito de
Avaliação para a disciplina dePortuguês
Instrumental ministrada pela professora
Lígia Rodrigues Barbosa.

VITÓRIA
2012

SUMÁRIO

1.Introdução...............................................................................04
2. Atitudes dos Farmacêuticos é ético e anti-ético? .................04
O compromisso do Farmacêutico e com a saúde ou com o comécio?
3. EquipamentosLaboratóriais...................................................05
4. Conclusão...............................................................................07
5. Referências............................................................................07


1. INTRODUÇÃO


O farmacêutico deve zelar pelo seu profissionalismo, execultando todas atividades inerentes do profissional farmacêutico, contribuindo de modo acontribuir para salva guarda da saúde pública e, ainda, todas as ações de educação dirigida á comunidade na promoção da saúde.

Na área de Laboratório não é muito diferente não, o técnico de analises deve exercer também sua função com toda a segurança, mantendo toda a legislação, usando todos os equipamentos de seguranças. Para ter um trabalho seguro .

2. AS ATITUDES DOS FARMACÊUTICOS E ÉTICO OUANTI-ÉTICO ?


As normas do presente Código aplicam-se aos farmacêuticos, em qualquer cargo ou função, independentemente do estabelecimento ou instituição a que estejam prestando serviço.
Para o exercício da Farmácia impõem-se o cumprimento das disposições legais que disciplinam a prática profissional no País.
A fim de garantir o acatamento e a execução deste Código, cabe aofarmacêutico comunicar às autoridades sanitárias e profissionais, com discrição e fundamento, fatos de que caracterizem infringência ao presente Código e às normas que regulam o exercício da Farmácia. A Farmácia é uma profissão a serviço do ser humano e tem por fim a promoção, a proteção e a recuperação da saúde, individual e coletiva.
E dever do farmacêutico dedicar-se no exercício da profissão, quandoem regime de relação de emprego, o tempo que sua experiência e capacidade profissional recomendarem para o desempenho de suas atividades, evitando que o acúmulo de encargos prejudique a qualidade da atividade farmacêutica prestada.

O médico que declara seu conflito de interesse com a indústria farmacêutica é mais ético? O senso comum diria que sim. Mas pesquisas recentes na área dapsicologia experimental mostram que não é bem assim. Ao revelar todos os laços que possam influenciar seu julgamento, o profissional se sente livre para continuar adotando comportamentos ainda mais antiéticos
Os que tinham conflitos de interesse "como ganhar comissões pela indicação de um produto" deram mais conselhos em benefício próprio, não do paciente. É o chamado licenciamento moral.
A divulgaçãode um conflito deu às pessoas 'luz verde' para se comportar sem ética, como se fossem absolvidas por terem sido transparentes", diz Don Moore, professor de comportamento organizacional da Carnegie Mellon (Pensilvânia).
Paciente não vê problema em relações conflituosas
Estudos mostram que os pacientes tendem a não se importar se o médico recebe dinheiro dos laboratórios. "A pessoa se sentepressionada a ser generosa. Não quer demonstrar que desconfia do médico, mesmo se a situação não lhe favoreça.

3. EQUIPAMENTOS LABORATORIAIS


O Equipamento de Proteção Individual  - EPI é todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado a proteção contra riscos capazes de ameaçar a sua segurança e a sua saúde.  O uso deste tipo de equipamento só...
tracking img