Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2142 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



Trabalho Seminários de Pesquisa

Exercício de Projeto de Pesquisa

Curso de Direito







Assédio Moral nas Relações de Trabalho













Integrantes: Fernando Varela da Silva e Juliana Cavagnolli









Caxias do Sul, maio de 2011


Tema: Assedio Moral nas Relações de Trabalho.


Título do Projeto: As causas do Assédio Moral nas relações de trabalho bemcomo as conseqüências trazidas por ele, e as ações para minimizar o problema.


Justificativa: O trabalho abaixo visa, mostrar as principais causas do crescimento do assédio moral e as conseqüências causadas por ele nas relações de trabalho, bem como quais seriam as ações necessárias para minimizar esse mal.
Conforme pode se verificar o assédio moral sempre existiu, porém existe umaumento significativo de estudos em relação ao tema devido a aumento constante desses casos.




Problema: O que pode ser feito para reduzir o assédio moral nas empresas?
Para começar o estudo do assédio moral é importante saber o seu histórico. Ele foi usado pela primeira vez no área da Biologia e não no campo das relações humanas. Na década de 1960, Konrad Lorenz¹, realizou pesquisas queevidenciaram o comportamento agressivo do grupo de animais de pequeno porte físico em situação de invasão de território por outros animais. Através de intimidações e atitudes coletivas agressivas, o grupo buscava expulsar o invasor. A esse comportamento, o pesquisador denominou mobbing, cujo vocábulo inglês significa o verbo maltratar, atacar, perseguir, sitiar.
Já em 1972, o pesquisadorPeter-Paul Heinemann², utilizando a pesquisa de Lorenz, descreveu o estudo do comportamento agressivo de crianças com relação a outras dentro das escolas.
Nas relações de trabalho, os estudos acerca desse fenômeno iniciaram-se a partir das investigações difundidas por Heinz Leymann, pesquisador em Psicologia do Trabalho, que em 1984 publicou um ensaio científico, sendo o pioneiro a descreveras conseqüências do denominado mobbing na esfera neuropsíquica da pessoa exposta a humilhações e hostilidades no ambiente do trabalho.


O mobbing é qualificado como terror psicológico ou psicoterror, uma vez que a vítima é submetida a um processo de invasão sistemática de seus direitos, conduzindo-a à exclusão do mercado de trabalho, pois torna a vítima incapaz de encontrar um empregodevido aos desgastes psicológicos suportados no ambiente de trabalho anterior.
No Brasil, o assédio moral passou a ser relevante juridicamente com a Constituição Federal de 1988, que inseriu a defesa da personalidade como um direito fundamental do homem e tornou jurídico o dano moral.
Apesar da existência de um número imenso de estudos sobre o tema, a discussão ainda é incipiente enecessita de amplificação, além de uma legislação própria.















1) Zoólogo austríaco, Konrad Lorenz foi o fundador da moderna Etologia, o estudo comparativo do comportamento humano e animal, uma nova área de estudos científicos com profundas implicações para a humanidade.
2) Médico sueco, publicou em 1972 o primeiro livro sobre mobbing.

Espécies de Assedio Moral


Assédiomoral vertical descendente: Esse tipo de assédio é proveniente do empregador, bem como qualquer outro superior hierárquico que receba a delegação do poder de comando.


Assédio moral horizontal: Trata-se de assédio moral cometido por colega de trabalho, manifestando-se através de brincadeiras maldosas, gracejos, piadas, grosserias, gestos obscenos, menosprezo, isolamento.


Assédio moralvertical ascendente: É o típico caso de assédio moral que parte de um ou vários subordinados contra o superior hierárquico

Causas do Assédio Moral:


A Globalização e a conseqüente flexibilização das relações trabalhistas trouxeram gravidade, generalização, intensificação e banalização do assédio moral.
As empresas fomentam o individualismo dos funcionários, visando que todos...
tracking img