Trabalho sobre radiação ionizantes

Atualmente, essas palavras radiação e radioatividade já deixam todo mundo de cabelo em pé, causam temor, parecem entidades do mal. O que acontece, na verdade, é que existe uma grande ignorância das pessoas sobre o assunto e um sensacionalismo da mídia, agravado pelos filmes de ficção em que estes fenômenos são responsáveis pelos mais estranhos monstros mutantes. Mas tanto a radiação quanto aradioatividade são fenômenos naturais e convivemos com eles desde que Terra foi criada.

Radiação
Em um sentido amplo, radiação é tudo que é irradiado (enviado em forma de raios) por algum lugar. Assim, a luz que vem do Sol é uma forma de radiação;

Da mesma forma que a luz de uma lâmpada;

e as ondas de rádio;

Podemos utilizar a radiação em vários processos:

Processosindustriais;

Processos Médicos;

Na geração de Energia;

A radiação pode ser de dois tipos: particulada (por partículas) ou ondulatória (por ondas). A luz do Sol, voltando ao nosso exemplo, é uma radiação por ondas já que a luz é uma onda eletromagnética. Quando você vai à praia, está sendo irradiado pelo Sol, está se submetendo à radiação solar.

Radioatividade é a emissão espontânea deradiação pelos núcleos dos átomos de determinados elementos. Perceba que falamos em radiação espontânea, ou seja, independe de estar ligado ou desligado. Um aparelho de raios-X emite radiação quando ligado, mas se o desligarmos a emissão cessa. O aparelho de raio-X não é, portanto, radioativo, embora emita radiação.

Quando nosso Criador nos fez, já fomos „projetados‟ para suportar determinadosníveis de radiação. Obviamente se ficarmos expostos a quantidades maiores podemos ter uma série de problemas, que vão desde simples queimaduras até câncer.

As partículas alfa e beta e os raios gama possuem a propriedade de ionizar as moléculas que encontram em seu caminho, isto é, arrancar elétrons delas, originando íons. Ao atravessar tecidos biológicos, as partículas radioativas provocam aionização das moléculas presentes nas células. Essa ionização pode conduzir a reações química anormais e à destruição da célula ou alteração das suas funções. Isso é particularmente preocupante no caso de lesões no material genético, o que pode causar uma reprodução celular descontrolada, provocando o câncer.

A alteração do material genético das células reprodutivas (espermatozóide e óvulo) podemcausar doenças hereditárias nos filhos que o indivíduo possa vir a gerar. Os raios gama são geralmente os mais perigosos em virtude de seu elevado poder de penetração. A exposição de um ser humano à uma alta dose de radiação pode dar origem a inúmeros efeitos imediatos. Alguns deles aparecem a seguir;

- Disprosopia

Também conhecida como duplicação craniofacial é um distúrbio raro no qual orosto da mesma pessoa é duplicado na sua cabeça.A condição é causada por uma proteína responsável por determinar as características do rosto e seu excesso leva a um segundo rosto espelhado. Falta da proteína leva a características faciais pouco desenvolvidas. Normalmente este tipo de anomalia sequer permite que a criança nasça com vida, mas Lali Singh, nascida em 2008, sobreviveu por dois mesesantes de sofrer uma parada cardíaca.

-PROGÉRIA A Progéria tem origem em um único e pequeno defeito no código genético do bebê, mas tem leva a efeitos terríveis para a vida da criança que geralmente não chega aos 13 anos de idade. Desde os seus primeiros dias seus corpos super-aceleram o processo de envelhecimento por causa de um defeito nas pontas (telômeros) que prendem as fitas de DNA unidasno núcleo das células. Eles sofrem sintomas que incluem calvície, doença cardíaca, osteoporose e artrite. A doença é muito rara afetando apenas um em cada oito milhões de nascimentos.

– Fetus in fetu A foto abaixo é de Sanju Bhagat um indiano de 36 anos que parece grávido e, em efeito, está,e de seu próprio irmão gêmeo.Fetus in fetu é um distúrbio extremamente raro que é diagnosticado...
tracking img