Trabalho sobre os estados nacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2120 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTADOS NACIONAIS
Um Estado é caracterizado por 3 coisas:
-> Soberania politica, que é o povo, as pessoas reconhecerem o Governo como detentor do poder político.
-> Povo, que obedece a soberania política e compartilha características, que definem uma cultura logo um estado.
-> Território, que é basicamente o espaço físico do estado, um lugar q ele ocupa.
Os Estados nacionais modernostinham como características:
Na política era adotado o Absolutismo Monárquico, ou seja, todo o poder é concentrado na mão do Rei, e esse poder é hereditário e vitalício.
Na Economia eram adotadas as práticas mercantilistas.
Na estrutura social, era dividida em três, Clero Nobreza e Povo, o povo n podia virar nobreza, só a nobreza podia virar clero, ou seja, não tinha mobilidade social.
Acentralização politica foi apoiada por 4 fatores:
1- formação de línguas nacionais, elas ajudaram a centralizar o poder porque caracterizavam um povo de uma região.
2- criação da imprensa, foi essencial na difusão da língua nacional e festas cívicas, além da divulgação de leis novas etc..
3- Organização de uma burocracia de estado ''olhos e ouvidos do rei'', é simplesmente ter funcionários do governotrabalhando pro rei, que representam a figural real em todos os locais do Estado.
4- Detenção do monopólio da força e dos impostos, o monopólio da força garantia a ordem interna e a integridade territorial, e a dos impostos garantia que ninguém mais cobrasse impostos no território, logo evitava concorrência, e garantia o pleno funcionamento do estado, bancando todas as despesas do Estado.

SISTEMA DEALIANÇAS
O rei, para conseguir manter-se no poder, precisou se aliar, ou seja, uma troca de benefícios com as classes para que todo mundo saísse ganhando.
Com a BURGUESIA, ele unificou a moeda (evitando perdas nas trocas de cambio), unificou os impostos (que geravam melhoras para a sociedade), unificou pesos e medidas (evitando perdas nas conversões) e ainda segurou as rotas comerciais (evitando roubos).Em compensação, eles pagavam impostos, que bancavam o Estado.
Com a NOBREZA/CLERO, eles simplesmente reconheciam o rei como autoridade. E ganhavam em troca, privilégios como a isenção dos pagamentos de impostos e eram bancados pelo Estado. Ou seja, o rei gastava dinheiro com eles só pra eles não tentarem tomar o poder real.

TEORIAS JUSTIFICADORAS
Para justificar todo o poder na mão do rei,tinham teorias RELIGIOSAS (que utilizavam a fé) e LAICAS (que utilizavam a razão).
Nas RELIGIOSAS, destacaram-se Jean Bodin, Le Bret e Jaques Bossuet. Essas teorias foram especialmente famosas na França. Diziam também que o poder do rei era fruto da vontade de DEUS.
Nas LAICAS, destaca-se Maquiavel e Thomas Hobbes:
-> Maquiavel, pelo o livro ‘’O PRINCIPE’’ dizia que ''OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS'',ou seja, para o bem comum, não importa o que for necessário, importa só o resultado. O Maquiavel propôs também que houvesse uma separação da moral religiosa e politica, ou seja, o Rei devia atuar sem ligar para os princípios da igreja, e sim só os princípios morais.
-> Thomas Hobbes, pelo livro ‘’O LEVIATÃ’’, dizia q sem governo e sem alguém pra controlar, o povo só guerreava (''estado denatureza'' = ''estado de guerra''). Ele defendia q a solução disso era a criação de um estado contratualista, ou seja, o soberano garantia a segurança dos súditos através de leis, e os súditos abriam mão de um pouco da liberdade para obedecer às leis. Assim, ele justificava o poder ILIMITADO do rei, para q ele pudesse cumprir seu papel, e evitar a extinção da espécie. E o poder INQUESTIONAVEL, já qquando o rei criou as leis, ele já fez a sua parte, e se a violência continuasse, a culpa seria dos súditos, e não do soberano.

MERCANTILISMO
O mercantilismo foram medidas econômicas adotadas pelos Estados pra regular a economia e o objetivo era, formalmente, alcançar a balança comercial favorável, ou seja, exportar mais do que importar, ou seja de novo, vender mais do que comprar! Eram 5...
tracking img