Trabalho sobre macroambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1802 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.4 Análise Macro ambiente
SÃO PAULO - O Grupo Pão de Açúcar terminou a segunda-feira com o maior valor de mercado da sua história: R$ 24,1 bilhões. As ações encerram o pregão de ontem cotadas a R$ 91,79, após alta de 1,36%, acima dos R$ 90,65 registrados na máxima anterior, em 2 de maio.
Por volta das 13h do pregão de hoje, as ações seguiam com tendência positiva, em leve alta de 0,12%, paraR$ 91,90, indicando que o pregão desta terça pode levar a uma nova máxima histórica para a companhia.
Segundo a base dados da Bloomberg, 15 entre 24 analistas que acompanham a companhia recomendam a compra dos papéis, com preço-alvo médio de R$ 95,60. Nos últimos dois meses, quatro instituições (Raymond James, CGD Securities, Bradesco Corretora e HSBC Corretora) já haviam elevado seus preços-alvopara acima de R$ 100.
Além de estar entre as preferências dos investidores por ser do setor de consumo e oferecer uma proteção natural contra as preocupações com o crédito (atuação no mercado de alimentos), a companhia se beneficia da aposta crescente de que o clima difícil entre os sócios pode acelerar o desfecho das questões societárias.
Nas semanas que passaram, houve tumulto adicional naconvivência entre os dois principais sócios. Depois de uma discussão sobre modificações do estatuto do Pão de Açúcar, na sexta-feira, ficou evidente que a indisposição do empresário Abilio Diniz com a multinacional francesa Casino está afetando até mesmo a sua relação com Enéas Pestana, presidente-executivo da varejista. De acordo com pessoas próximas, apesar de Pestana ter chegado ao cargo durante aera Abilio, o executivo estaria neste momento alinhado ao Casino, que assumiu o controle isolado da empresa em 22 de junho.
A tensa convivência entre Casino e Abílio Diniz, respectivamente controlador e ex-controlador da empresa, estimula a crença de que ambos vão buscar uma solução para esse impasse o mais rápido possível. No entanto, há uma vagarosa negociação em andamento conduzida pelosassessores financeiros de ambos os lados, com encontros esporádicos.
Estão na mesa duas possibilidades para se antecipar a saída de Abilio da sociedade: o pagamento em dinheiro de sua participação em ações ordinárias e preferenciais ou a venda de Via Varejo para o ex-controlador, com um acerto da diferença de valores.
Entre os investidores, também está incutida uma expectativa de que a companhiamigre para o Novo Mercado da BM&FBovespa, o que obrigaria a conversão das preferenciais (negociadas em bolsa) em ordinárias. Contudo, apesar de recentemente os sócios terem utilizado discursos nesse sentido, não há nenhum plano divulgado nessa direção.
Os valores das propostas que estão na mesa variam entre R$ 7 bilhões e R$ 9 bilhões. As ofertas, porém, ainda não possuem contornos totalmentedefinidos. Ontem, o valor de mercado referente apenas à participação societária de Abilio no Pão de Açúcar encerrou o pregão a R$ 5,12 bilhões.
As negociações incluem os 61 imóveis que Abilio possui e pelos quais a companhia paga aluguel. O empresário tem direito a receber 2% das vendas brutas da companhia pela locação das lojas.
Abilio já possui um contrato que lhe garante saída para as açõesordinárias do Pão de Açúcar — fatia sem liquidez, por estar dentro da holding Wilkes. Entre 2014 e 2022, ele pode exercer um direito de venda contra o Casino pelo maior valor de uma das opções: uma complexa fórmula matemática ou o equivalente a 95% do valor de mercado das preferenciais. Como a fórmula contempla indicadores de varejistas de países desenvolvidos, não está vantajosa neste momento. Peloacordo, portanto, as ações ordinárias de Abilio valeriam hoje R$ 1,76 bilhão.
Entretanto, aproveitar a disposição de venda do ex-controlador para ampliar sua exposição ao crescente mercado consumidor brasileiro pode obrigar a rede francesa Casino a comprar toda participação de Abilio — possivelmente com prêmio.

Depois de ser visto, durante muito tempo, como um controlador sem dinheiro, a...
tracking img