Trabalho sobre idoso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3260 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Andrea Lauria Christovam Ribeiro
Vinicius Rodrigues Novais











HISTÓRIA DE VIDA
(Idoso)














Universidade Cruzeiro do Sul
Curso de Psicologia
2012
Andrea Lauria Christovam Ribeiro RGM 1244183
Vinicius Rodrigues Novais RGM 21603-8







História deVida
(Idoso)








Trabalho apresentado no curso de Psicologia, pela disciplina
Psicologia do Desenvolvimento III sob a orientação
da profª Maria de Lourdes Valino








São Paulo
2012

1. Identificação

• Autores
Andrea Lauria Christovam Ribeiro - RGM 1244183
Vinicius Rodrigues Novais – RGM 21603-8

1.2 Assunto
Avaliação do desenvolvimento do Idoso

•Interessada
Profª Maria de Lurdes

1.4 Participante
Nome: José
Sexo: Masculino
Data de nascimento:
Idade: 70 (Setenta anos)
Escolaridade:
Tipo de escola:
Data da aplicação da entrevista: 03/11/2012
Aplicador: Vinicius Rodrigues Novais
Observador: Andrea Lauria Christovam Ribeiro








2. Introdução


Este relatório tem como proposta apresentar a história de vida de umidoso, associando assim à idade adulta avançada.
A atividade realizada visa o aprimoramento dos estudos de alunos do 4ª semestre do curso de Psicologia, na utilização de entrevista semi-dirigida e o conteúdo teórico utilizado em sala de aula, para investigação do desenvolvimento da idade adulta.
Para a investigação do tema utilizamos os pressupostos teóricos de Erik Erikson, Vera Lucia Beres,Danielle Macedo e Papalia, no que se refere ao desenvolvimento do individuo em idade avançada.
Bianchi (1991) Afirma que quanto mais o idoso tiver curiosidade sobre questões diversificadas e manter uma criatividade, sua juventude psíquica será melhor mantida. Precisa sentir-se seguro profissionalmente, ter apoio, amor, carinho de seus familiares, para também manter sua juventude psíquica.Danielle Macedo em seu artigo “ O lugar do Afeto, o Afeto pelo Lugar: O que dizem os idosos” (2008), refere-se um aumento significativo nesta faixa etária e um crescente interesse cientifico para a compreenção dos aspectos do envelhecimento. Tomando por base idéias ligadas ao Direito, Ética, Psicologia e as noções de bem estar, novos conceitos foram inseridos no decorrer do estudo, tais como:envelhecimento bem sucedido, qualidade de vida, entre outros.
A crescente taxa de de natalidade na segunda metade do século XX, aliada ao avanço na área da saúde, superou até as expectativas mais otimistas de que se pode envelhecer melhor e até viver mais.
Segundo os conceitos de Erikson (1996 apud Papalia 2006) no diz respeito ao desenvolvimento da personalidade passam pelo que se denomina como oitava eúltima crise do c iclo da vida, integridade do ego versus desespero.
“...adultos mais velhos precisam avaliar, resumir e aceitar sua vida para poderem aceitar a aproximação da morte. A partir dos resultados das setes crises anteriores eles se esforçam para obter um senso de coerência e de integridade, em vez de ceder ao desespero por sua incapacidade de reviver o passado de forma diferente” (1986apud Papalia 2006).
A autora Vera Lucia Beres afirma em seu artigo “Porque nos tornamos Velhos” (2002), que as situações que envolvem perdas, principalmente as de ordem emocional, vivenciadas pelos idosos são fatos que propiciam o “sentir-se velhos”. O aspecto do corpo também fazem parte deste sentimento em relação a si mesmo.
Por tanto como descrito no artigo de Vera, cada pessoa é de um jeito,há variáveis presentes no comportamento de cada individuo, neles estão intrísecos aspectos culturais, genéticos entre outros.
























3. Procedimentos

A aluna Andréa Lauria Christovam Ribeiro entrou em contato com a Instituição “ Casa de Repouso Meireles e Brites” para a realização da nossa visita, com o objetivo de entrevistar um idoso com o...
tracking img