Trabalho sobre emilia ferreiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1190 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL - ULBRA
PEDAGOGIA

Emilia Beatriz Maria Ferreiro Schavi:
Sua Biografia e Contribuição para a Educação

Eunápolis
Setembro de 2009

Adriana Santos Almeida
Edilene Marques
Emily Oliveira Bastos
Josciara Silva Araújo

Emilia Beatriz Maria Ferreiro Schavi:
Sua Biografia e Contribuição para a EducaçãoTrabalho apresentado à Universidade Luterana do Brasil, como requisito parcial para avaliação da disciplina de Psicologia do Desenvolvimento da Aprendizagem, da turma de Pedagogia, solicitado pela Professora Ana Luiza Torres.

Eunápolis
Setembro de 2009

INTRODUÇÃO

Este trabalho apresenta a biografia e a história de Emilia Ferreiro, suas contribuições para a educação, as fases dedesenvolvimento da criança durante a alfabetização. Mostra também que ela enfatiza que as crianças já possuem um conhecimento prévio sobre a língua e que é preciso que os professores criem espaços para que seus alunos produzam livremente textos, usando sua criatividade, mesmo apresentando erros ortográficos, podendo então demonstrar o que compreendem sobre a escrita.
Demonstra que para Ferreiro,antes de iniciar o processo de alfabetização o educador tem que fazer um diagnóstico do nível de conhecimento do aluno.

BIOGRAFIA

Emilia Beatriz Maria Ferreiro Schavi, nasceu na argentina em 1937 é uma psicóloga e pedagoga argentina, radicada no México, doutorada pela universidade de Genebra, sobre orientação de Jean Piaget.
Em 1970 depois de se formar em psicologia pelaUniversidade de Buenos Aires, estuda na Universidade de Genebra, onde trabalha como pesquisadora- assistente de jean Piaget e obtém o seu PhD sob orientação do psicopedagogo suiço. Retorna a Buenos Aires, em 1971. Forma um grupo de pesquisa sobre alfabetização e publica sua tese em doutorado – Les relations temporelles dans le langage de I enfant. No ano seguinte, recebe uma bolsa de Fundação Guggenheim(EUA).
Em 1974 afasta-se de suas funções docentes na Universidade de Buenos Aires. Em 1977, após o golpe de Estado na Argentina passa a viver em exílio na Suiça, lecionando na Universidade de Genebra. Inicia com Margarita Gómes Palacio uma pesquisa em Monterry ( México) com crianças que apresentam dificuldades de aprendizagem. Em 1979 passa a residir no México com o marido, o físico eepistemólogo Rolando Garcia, com quem teve dois filhos.
Atualmente é professora Titular do Centro de Invetigação e Estudos Avançados do Instituto Politécnico Nacional, na cidade do México.

CONTRIBUIÇÃO PARA A EDUCAÇÃO:

As crianças chegam à escola sabendo várias coisas sobre a língua. È preciso avaliá-las para determinar estratégias para a alfabetização. Apesar de a criança construir seupróprio conhecimento, no que se refere à alfabetização, cabe a você, professor, organizar atividades que favoreçam a reflexão sobre a escrita.
Diagnosticar quanto os alunos já sabem antes de iniciar o processo de alfabetização é um preceito básico do livro Psicogênese de Lingua Escrita, que Emilia escreveu com Ana Teberosky em 1979. A obra, um marco na área, mostra que as crianças não chegam àescolas vazias, sem saber nada sobre a língua. De acordo com a teoria, toda criança passa por quatro fases até que esteja alfabetizada:

Pré-Silábica: não consegue relacionar as letras com os sons da língua falada;
Silábica: interpreta a letra à sua maneira, atribuindo valor de sílaba a cada letra;
Sílabico-Alfabética: mistura a lógica da fase anterior com a identificação de algumas sílabas;Alfabética: domina, enfim, o valor das letras e sílabas;

Preocupada com o impacto de suas idéias na ação dos alfabetizadores habituados com métados tradicionais, Emilia Ferreiro esclareceu: “ Não se trata, de modo algum, de dizer que as crianças se alfabetizam sozinhas. Trata-se, isto sim, de compreender o processo que elas estão vivendo, a cada momento, para poder intervir mais...
tracking img