Trabalho sobre crase

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (649 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Santo Antonio – ISA
Campina Grande, PB.
Aluna: Byanka Alves de Andrade Sousa
Professora: Elaine Mota
Disciplina: Gramática
Turma: Única
Turno: Manhã

Crase e suas funções.

Introdução

Apalavra crase origina-se do grego krasis, através do latim crasis, com o sentido de mistura. Consiste a crase na fusão de duas vogais idênticas. No caso da fusão da preposição a com o artigodefinido a(s) ou com o pronome demonstrativo a(s) a crase é indicada por um acento grave (à). Emprega-se igualmente o acento grave quando o pronome demonstrativo a(s) pode ser substituído por aquela. Crase é a junção da preposição “a” com o artigo definido “a(s)”, ou ainda da preposição “a” com as iniciais dos pronomes demonstrativos aquela(s), aquele(s), aquilo ou com o pronome relativo a qual (asquais). Graficamente, a fusão das vogais “a” é representada por um acento grave, assinalado no sentido contrário ao acento agudo: à.
É importante que seja feita a substituição da crase por “ao” caso essapreposição seja aceita sem prejuízo de sentido, então com certeza o crase esta correto.
Exemplos:
Fui à farmácia substituindo o “à” por “ao” ficaria Fui ao supermercado. Logo, o uso da crase estácorreto.
Outro exemplo:
Assisti à peça que está em cartaz, substituindo o “à” por “ao” ficaria Assisti ao jogo de vôlei da seleção brasileira.
É importante lembrar-se dos casos em que a crase é empregada,obrigatoriamente: nas expressões que indicam horas ou nas locuções à medida que, às vezes, à noite, dentre outras, e ainda na expressão “à moda”.  
Exemplos:
Sairei às duas horas da tarde.
À medidaque o tempo passa, fico mais feliz por você estar no Brasil.
Quero uma pizza à moda italiana.
Há palavras que não admitem a anteposição do artigo, tais como verbo, advérbio, artigo indefinido (um,uma), pronome pessoal (ela, nós, vós), pronome demonstrativo (esta, essa), pronome relativo (quem, cuja), pronome indefinido (cada, alguma, alguém, toda, qualquer, ambas). Nestes casos, é óbvio que...
tracking img