Trabalho sobre artrodese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6540 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

As enfermidades da coluna vertebral acometem cerca de 80% da população e representam importante causa de absenteísmo e de afastamento do trabalho, gerando grandes prejuízos para o indivíduo e para a nação, já que é a terceira causa de afastamento pela previdência social brasileira (BEZERRA et.al., 2007).
Como as causas mais freqüentes de lombociatalgia são denatureza crônico-degenerativa, sua gênese tem origem em desordens estruturais, desvios biomecânicos ou a interação de ambos (BEZERRA et.al., 2007). Entre as causas de lombociatalgia mecânica, certamente a mais freqüente é a hérnia de disco (BARROS FILHO; BASILE JÚNIOR, 1995).
O tratamento inicial da hérnia de disco deve ser sempre conservador e se este falhar a intervenção cirúrgica deveser sempre considerada (BEZERRA et.al., 2007). Dentre as principais técnicas cirúrgicas podemos citar a artrodese que tem como objetivo a união bem sucedida de duas ou mais vértebras (FERNANDES et.al., 2007).
Pacientes que passam por cirurgia espinhal recebem fisioterapia como parte de sua reabilitação. Embora haja grande quantidade de informação a partir de orientações da práticaclínica baseada em evidências para o tratamento de muitas condições musculoesqueléticas, há relativamente pouca informação disponível sobre o tratamento fisioterapêutico de indivíduos que passaram por cirurgia espinhal (DUTTON, 2006).
Dessa forma, o presente estudo objetiva avaliar o efeito da atuação fisioterapêutica em paciente submetido a artrodese lombar na fase tardia, analisando suaevolução no que diz respeito a ganhos de amplitude de movimento, através da goniometria, e de força muscular e à sua funcionalidade, através do Índice de Oswestry de Incapacidade.

2 OBJETIVOS
2.1 Geral

Avaliar o efeito da atuação fisioterapêutica em paciente submetido a artrodese lombar na fase tardia.

2.2 Específicos

▪ Verificar os efeitos do programa fisioterapêutico naflexibilidade do paciente através da medida da amplitude articular da coluna lombar com goniômetro;
▪ Demonstrar os resultados do tratamento para o ganho de força na musculatura abdominal e paravertebral;
▪ Verificar a funcionalidade do paciente através do Índice de Oswestry de Incapacidade.

3. METODOLOGIA
3.1 Caracterização do estudo

A pesquisa tem como objetivo avaliar o efeito daatuação fisioterapêutica em paciente submetido a artrodese lombar na fase tardia que incluiu a aplicação de exercícios de alongamento e fortalecimento para a musculatura dos membros inferiores e da coluna, de massoterapia, de manipulação cicatricial e de recursos analgésicos (TENS e crioterapia), avaliando seu nível de funcionalidade através do Índice de Oswestry, atendido no Setor Adulto daClínica Escola Santa Edwiges - APAE/CEST, no período de 18 a 28 de setembro de 2009, tratando-se de pesquisa quantitativa, descritiva e transversal.
O paciente foi avaliado através de uma ficha de avaliação fisioterapêutica especifica do setor Adulto, tendo-se como referência para os resultados da pesquisa o grau de ADM (amplitude de movimento) para os movimentos de flexão, extensão einclinação lateral direita e esquerda do tronco e a força muscular para flexão, extensão e rotação lateral do tronco. Além disso, teve seu grau de funcionalidade avaliado através do Índice Funcional de Oswestry, realizando-se no primeiro e no ultimo dia de atendimento para efeito de comparação.

3.2 Considerações Éticas

O estudo em questão não causou constrangimento ou risco físico ao pacienteavaliado, sendo preservada sua identidade e integridade e o sigilo dos dados selecionados. Houve consentimento por parte do paciente selecionado para a pesquisa, atestado através da assinatura de um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido com relação à sua participação na pesquisa e utilização e publicação dos dados e registros, em nenhum momento sendo usados métodos invasivos ou...
tracking img