Trabalho respirador mecanico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1382 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
QUAL A PORCENTAGEM DE O2 NO AR AMBIENTE?
Ar é o nome da mistura de gases presentes na atmosfera da Terra.
O ar seco é composto por 78% de nitrogênio, 21% de oxigênio, 0,97 de gases nobres e 0,03 de gás carbônico. O ar pode ainda conter de 0 a 7% de vapor de água. A composição do ar altera-se com a altitude.


O QUE É PEEP? QUAL A FISIOLÓGICA?
Designada de PressãoExpiratória Final Positiva, é responsável para manutenção da distensão alveolar no final da expiração, evitando o colabamento e atelectasias. A peep ideal fisiológica não é consensual, trabalhos recentes demonstram níveis médios entre 5 a 8 cm/h2O. É consensual a utilização de 5cm/H2O. Distúrbio hemodinâmicos podem ocorrer com níveis de PEEP maiores que 12 cm/H2O ou menos.


O QUE É VOLUME CORRENTE? QUALO NORMAL DO ADULTO?
Em cada movimento respiratório normal, movimenta-se um volume de ar que se conhece com o nome de volume corrente (VC), ou seja, é o volume de ar inspirado ou expirado em cada respiração normal, perfazendo cerca de 500mL no homem adulto jovem normal.


MODO PARA PROGRAMAR O RESPIRADOR: CONTROLADO, ASSISTIDO, CPAP.
• Ventilação controlada ou CMV (controlledmechanical ventilation): o volume corrente (VC), frequência (FR) e fluxo são predeterminados no ventilador mecânico. Esta modalidade é usada para pacientes em apneia devido a patologia ou a drogas.
• Ventilação assistida/ controlada: A FR é controlada pelo paciente (o ciclo respiratório é iniciado quando o paciente gera uma pressão negativa alcançando um valor imposto pelo mecanismo desensibilidade do ventilador). O volume corrente e o fluxo são predeterminados. Se não houver o esforço do paciente, o ventilador fornece ciclos controlados na FR mínima determinada.
• Pressão positiva contínua nas vias aéreas ou CPAP (continuous positive airway pression): O paciente respira espontaneamente dentro do circuito pressurizado após ventilador mecânico. Uma pressão positiva predeterminada émantida praticamente constante durante o ciclo respiratório.

MODOS DE VENTILAÇÃO MECÂNICA
A maneira como a fase inspiratória tem início é determinada pelo modo de ventilação escolhido. Existem quatro modos básicos de ventilação:
1. Controlado;
2. Assistido;
3. Assistido-controlado;
4. Mandatório intermitente.


1. Ventilação controlada
Neste modode ventilação, não há participação do paciente, o aparelho determina
todas as fases da ventilação. Este é o tipo de ventilação mais utilizado na anestesia. O início da inspiração é determinado de acordo com um critério de tempo, ou seja, de acordo com a frequência respiratória regulada. Neste modo, geralmente a sensibilidade do aparelho está desligada; o volume corrente é determinado deacordo com o tipo de ciclagem escolhido.
O tempo expiratório (TE) é determinado por: TE = 60/f – TI (Sendo f a frequência respiratória em ciclos por minuto; e TI, o tempo inspiratório em segundos).
Este modo permite o cálculo da complacência e da resistência pulmonar por meio dos valores obtidos com as curvas de pressão traqueal x tempo e fluxo x tempo, respectivamente. Esses valoressão importantes principalmente na avaliação de pacientes com doença pulmonar grave, tanto na determinação dos parâmetros ventilatórios, quanto no acompanhamento da evolução desses pacientes durante a internação na unidade de terapia intensiva e durante o processo de desmame do ventilador.


2. Ventilação Assistida
Neste modo de ventilação, o aparelho determina o início da inspiraçãopor um critério de pressão ou fluxo, mas o ciclo só é iniciado com o esforço do paciente. Nas duas situações, o disparo é feito pelo esforço inspiratório do paciente, que aciona o aparelho de acordo com a sensibilidade pré-determinada. Se o critério é de pressão, o aparelho detecta uma queda na pressão expiratória dentro do circuito; e, se o critério é de fluxo, o aparelho detecta uma pequena...
tracking img