Trabalho psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2793 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria Psicodinâmica da Aprendizagem

Sigmund Freud (1856-1939) influenciou bastante nas teorias da aprendizagem, mas segundo Hilgar não é tarefa fácil extrair alguma específica nos trabalhos de Freud. l-Comparação entre a teoria psicanalítica e algumas interpretações convencionais da aprendizagem. -Muitos dos pensamentos de Freud se assemelham à pensamentos de teóricoscontemporâneos que não tinham muita ligação com a psicanálise. 1)- O princípio do prazer e a lei do efeito - Sabemos que o homem está sempre em busca do prazer e sempre fugindo da dor, podemos controlar a aprendizagem por meio da recompensa e punição, que nos mostra o prazer e o desprazer. Para a psicanálise e a teoria da aprendizagem quando se sente a necessidade de algoo indivíduo entra numa espécie de desequilíbrio mental e orgânico. Para Freud quanto mais prazer, menor a excitação e menos prazer, maior a excitação, é como se uma necessidade despertada, que fica insatisfeita produz a fantasia do que seria o ideal para satisfazer tal necessidade. Não é o que é realmente mas o que se imagina ser o ideal. 2)- O princípio da realidade e aaprendizagem por ensaio e erro - Com sua teorias que vem do princípio do prazer, Freud criou o princípio da realidade onde o organismo ao invés de obter satisfação imediata busca o caminho indireto para o prazer, daí a noção que o comportamento é em parte ajustado pelo fracassos ou sucessos experimentados na aprendizagem por ensaio e erro. 3)- A compulsão para repetir emrelação com as teorias da força do hábito - Com base em suas observações clínicas, Freud diz que a compulsão do indivíduo em repetir certos comportamentos vão além do princípio do prazer mas estando assim mesma ligada ao princípio da realidade. Os teóricos da aprendizagem oferecem três sugestões para explicar a compulsão para repetir, assinala Hilgard : a)- As compulsõespodem ajustar-se aos princípios da redução da tensão; b)-As atividades super aprendidas levando à repetição excessiva; c)-O comportamento adquirido sob frustração excessiva pode tornar-se resistente à mudanças. l.- Concepções psicanalíticas que influíram nos experimentos e teorias da aprendizagem 1)- A ansiedade como impulso - Freud destacou assim três tipos de ansiedade: Objetiva, neurótica e moral. 2)- Influências inconscientes sobre as associações de palavras : técnicas de testes que associam palavras à respostas, de Jung. 3)- Repressão, esquecimento e evocação : A repressão leva a forçar esquecimentos, é como se fosse intencional. Freud distinguiu dois tipos de repressão: A primária;E a segunda fase da repressão. 4)- Fixação - Napsicanálise existem dois tipos; a - Significa desenvolvimento interrompido; b-Sentido de hábitos fixos; Os dois não são claramente diferenciados na psicanálise pois depende do desenvolvimento da vida de cada indivíduo. 5)- Regressão: Quando um ato é frustrado algum substituto aparecerá. Existem três tipos de regressão; a- Instrumental / b- De idade / c- De primitivação. 6)-Agressão e seu deslocamento : Freud e Dollard formularam a hipótese da frustração-agressão, ou seja, quando não se acha o culpado pela frustração culpa-se a um outro. lll - Sugestões da psicanálise ; Pouco representadas nos estudos psicológicos da aprendizagem . Hilgard diz que boa parte do rico material da Psicanálise não foi aproveitada pelos psicólogosacadêmicos. 1) - Relação da aprendizagem com os estágios de desenvolvimento: A psicanálise pode ser teoria tanto genética quanto dinâmica pois a vida do indivíduo deve ser observada em todas as fases, mas o presente é imprescindível, pois a criança leva marcas da infância em sua personalidade, o que explica nos adultos atitudes relativas a sua primeira infância....
tracking img