Trabalho projeto de vida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1072 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Nunes: “Só não economizamos em publicidade. Não adianta baixar o preço se ninguém souber que você está vendendo barato” Imagem: Metropoli
Após um post sobre a Ricardo Eletro, achei este artigo feito pela revista Exame PME bem interessante sobre o proprietário da rede. Vale a pena ler.
Em menos de duas décadas, o mineiro Ricardo Nunes, de 38 anos, fez da Ricardo Eletro uma das dez maiores redesde varejo de eletrodomésticos do país a partir de sua cidade natal, Divinópolis. Sem formação superior, Nunes entrou no mundo do varejo ainda garoto. Depois de perder o pai, aos 12 anos, passou a acompanhar a mãe nas viagens que ela fazia a São Paulo para comprar bijuterias para revender em Minas Gerais.
Hoje, a Ricardo Eletro é líder em seu estado e um dos varejistas que mais crescem noNordeste. Com a compra de 86 lojas da também mineira Lojas Mig, em meados deste ano, a Ricardo Eletro deve fechar 2007 com 240 lojas e faturamento de 2 bilhões de reais. Neste depoimento a EXAME PME, Nunes conta um pouco da trajetória que levou a Ricardo Eletro a um crescimento médio de 50% ao ano desde 2003 e fala sobre seus planos para o futuro.
Abri minha primeira loja em Divinópolis, no interior deMinas Gerais, quando tinha 20 anos. Coloquei um aviso na porta:
“Cobrimos qualquer oferta de eletrodoméstico do Brasil”.
Mas a maior parte do estoque não era de eletrodomésticos. Era de brinquedos. Eu vendia os eletrodomésticos portáteis abaixo do custo. O lucro dos brinquedos, principalmente ursinhos de pelúcia, compensava o prejuízo. Com isso, fui formando volume na venda de eletrodomésticosportáteis. Três meses depois, abri a segunda loja, na qual passei a vender geladeiras, fogões e televisores comprados de atacadistas. Após seis meses, montei a terceira loja.
Só consegui escapar dos atacadistas e comprar direto dos fabricantes quando montei a quarta loja, em Nova Serrana, também no interior de Minas. Aos poucos, abri filiais nas cidades próximas. Em 1996, inaugurei a primeirafilial em Belo Horizonte. Como nos tempos dos ursinhos de pelúcia, vendia mais barato em Belo Horizonte e compensava as perdas com o que ganhava nas outras nove lojas do interior. Investia boa parte do lucro em publicidade e, com isso, passei a crescer em Minas.
A forma para concorrer com as redes maiores foi atacar com preço baixo. Mas para fazer isso é preciso ter custo menor que o da concorrência.Por isso, a estrutura aqui é pequena. Economizamos até no cafezinho. Se for preciso acordar 5 da manhã para pegar um vôo mais barato, eu acordo. Cheguei à conclusão de que manter entrega própria, por exemplo, era muito caro. Hoje, nossa frota é terceirizada. Só não economizamos em publicidade. Não adianta baixar o preço se ninguém souber que você está vendendo barato.
Um dos segredos da RicardoEletro é que a empresa inteira é orientada a negociar com o cliente e cobrir as ofertas dos concorrentes. Os vendedores são treinados para isso. Qualquer um dos gerentes pode me ligar a qualquer hora e negociar comigo o melhor preço para o consumidor. Até hoje atendo telefonemas de clientes. Eu gosto de loja, gosto de gente. Gosto de entender o que o consumidor quer. Não sou só administrador,continuo sendo vendedor.
Dizem que quem vende só pelo preço quebra. Se não tiver um custo baixo, quebra mesmo. Se não procurar outras receitas paralelas, também. Buscamos receitas de todo jeito que for possível. Por exemplo, vendemos 300 000 títulos de capitalização por mês a 2,50 reais cada um. Negociamos com nossos fornecedores para que anunciem nos aparelhos de TV ligados dentro da loja e cobramospor isso. Em nossas unidades, vendemos de cursos de informática a imóveis. Isso ajuda a cobrir os custos.
Brigo muito com a indústria para fazer o menor preço possível à vista. Posso vender uma prancha de cabelo, por exemplo, por 29,90 reais, enquanto o mercado a oferece por 49,90. Com isso, em vez de vender 100 pranchas, vendo 10 000. Meu cliente acaba fazendo um sacrifício para comprar à...
tracking img