Trabalho metodologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1884 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho sobre depressão.




Metodologia Científica















Brasília, 26 de Outubro de 2011.





















• DEPRESSÃO: Doença do século XXI nas instituições







































DEPRESSÃO

O que é Depressão? É um transtorno psiquiátrico que afeta pessoas de todas as idades.Caracteriza-se pela perda de prazer nas atividades diárias (anedonia), apatia, alterações cognitivas (diminuição da capacidade de raciocinar adequadamente, de se concentrar ou/e de tomar decisões), psicomotoras (lentidão, fadiga e sensação de fraqueza), alterações do sono (mais frequentemente insônia, podendo ocorrer também hipersonolência), alterações do apetite (mais comumente perda do apetite,podendo ocorrer também aumento do apetite), redução do interesse sexual, retraimento social, ideação suicida e prejuízo funcional significativo (como faltar muito ao trabalho ou piorar o desempenho escolar).

O transtorno depressivo maior diferencia-se do humor "triste", que afeta a maioria das pessoas regulamente, por se tratar de uma condição duradoura (a maior parte do dia, quase todos osdias, pelo menos duas semanas), de maior intensidade ou mesmo por uma tristeza de qualidade diferente da tristeza habitual, acompanhada de vários sintomas específicos e que trazem prejuízo à vida da pessoa. A distimia é outro tipo de transtorno depressivo caracterizado por sintomas de menor intensidade, mas com caráter bastante crônico (a maior parte do dia, quase todos os dias, pelo menos doisanos). Ou seja, depressão não é tristeza. É uma doença que precisa de tratamento.

GERAÇÃO DEPRESSÃO

Está entre as doenças que mais matam a nível mundial. Uma doença que afeta cada vez mais pessoas, com custos bastante elevados ao nível pessoal e social. A Depressão é um tema recorrente e cada vez mais frequente tanto nos media, como no nosso dia a dia. Cada vez mais são diagnosticados casos eprescritos medicamentos que visam combater esta doença.

O diagnóstico da depressão pode decorrer cinco anos, desde o aparecimento dos primeiros sintomas. E apenas 35% dos casos a confirmação do diagnóstico de depressão acontece no mesmo ano em que surgem os primeiros sinais.

Recentemente, tem-se assistido nos meios de comunicação o debate de notícias sobre o corte orçamental na comparticipaçãode medicamentos, inclusivamente desta tipologia.



DEPRESSÃO NAS INSTITUIÇÕES

• Também é considerada uma das maiores causas de presenteísmo (prejuízo no rendimento mesmo estando presente no ambiente de trabalho). A depressão no ambiente de trabalho pode provocar grandes prejuízos financeiros, visto que, existe um atraso entre a manifestação dos sintomas e o diagnóstico. A realizaçãode screenings para o diagnóstico precoce do transtorno depressivo em empresas pode vir a ser um bom investimento para prevenir estes prejuízos. (Fonte: http://saudedofuturo.wordpress.com/2007/11/27/depressao)




• Com a alteração da legislação previdenciária, e a criação do nexo etiológico presumido, muitas doenças passaram a ser consideradas como doenças do trabalho gerando consequênciasjurídicas e econômicas às empresas que devem buscar prevenir-se com investimentos nas áreas de segurança, medicina do trabalho e recursos humanos. Para que a prevenção ocorra necessária que as doenças sejam conhecidas. Estresse é definido como a reação do corpo diante de sensação de ameaça, seja ela interna ou externa, desencadeando uma descarga muito alta de adrenalina. Esse hormônio acabaestimulando a liberação de outros pelo organismo, o que pode acarretar diversas alterações em seu funcionamento.

(Fonte: http://saude.terra.com.br)




• Um dos disparadores desta conscientização foi o reconhecimento de que a ansiedade e o estresse não são patrimônios exclusivos de executivos atarefados e de que a competitividade acabou substituindo a colaboração, o que é um paradoxo se...
tracking img