Trabalho fisiolaogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1385 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Descreva a anatomia funcional do musculo esquelético. FIBRA MUSCULAR ESQUELETICA: numerosa, no meio da fibra há uma única inervação.
SARCOLEMA= membrana celular da fibra.
MIOFIBRILA= unidade formadora das fibras musculares, composta por actina e miosina.
FAIXA I= só contem actina, são claras por serem isotrópicas.
FAIXA A = actina miosina, são onisotropica.
PONTES CRUZADAS= projeções dosfilamentos fundamentais para contração.
DISCO Z = final das actinas transversais.
2. Explique o mecanismo do filamento deslizante da contração muscular. Aqui será demonstrado a teoria dos filamentos deslizantes, uma série de hipóteses é admitida para explicar como osfilamentos deslizantes desenvolvem tensão e encurtam-se, uma delas é a seguinte:
1) Com o sítio de ligação de ATP livre, a miosina se liga fortemente a actina;
2) Quando uma molécula de ATP se liga a miosina, a conformação da miosina e o sítio de ligação se tornam instáveis liberando a actina;
3) Quando a miosina libera a actina, o ATP é parcialmente hidrolizado (transformando-se em ADP) e a cabeça damiosina inclina-se para frente;
4) A religação com a actina provoca a liberação do ADP e a cabeça da miosina se altera novamente voltando a posição de início, pronta para mais um ciclo.
3. 3 Descreva as características especiais dos filamentos de miosina e actina. A actina é a principal constituinte dos filamentos finos das células musculares. Essa proteína pode se apresentar de duas maneirasdistintas, conforme a ionização do meio: em meios de menor força iônica, apresenta-se sob a forma de actina G, de caráter globular; ao passo que em meios de maior força iônica, tem-se a actina F, de caráter fibroso. Com a elevação da força iônica, a actina G se polimeriza, formando a actina F.Já a miosina compõe os filamentos grossos e é classificada como uma enzima mecanoquímica ou proteína motora,isso porque é capaz de converter a energia química em energia mecânica, útil para o mecanismo de contração muscular.Os filamentos de actina e miosina apresentam uma alta afinidade eletrônica, estabelecendo ligações estáveis, o que recebe o nome de ponte cruzada. Ambos os filamentos se organizam de tal forma que os finos podem se deslizar sobre os grossos, encurtando as miofibrilas, o que leva àcontração das células musculares. Todo esse processo ocorre em presença de ATP, que tem sua hidrólise catalisada pela miosina, liberando a energia necessária ao trabalho muscular.Além da contração dos músculos, o complexo actina-miosina também impulsiona outros tipos de movimentos em células não-musculares, como, por exemplo, o deslocamento de organelas citoplasmáticas e o movimento de ameboides. Nadivisão celular, o sistema actina-miosina possibilita a contração do citoplasma, o que leva à separação das células filhas. Além disso, essas proteínas são responsáveis pela formação do citoesqueleto, ou seja, conferem forma a todas as células do organismo.
4. Discuta a teoria da catraca para contração e explique o mecanismo do “curso-de-potencia”. Logo que o filamento de actina fica ativadopelos íons de Cálcio, é admitido que as cabeças das pontes cruzadas dos filamentos de miosina sejam imediatamente atraídos pelos pontos ativos da actina, o que causa a contração.
A teoria da catraca para contração, diz que: Duas cabeças de das pontes cruzadas se fixam em dois pontos ativos do filamento de actina, essa fixação produz modificações intramolecular entre a cabeça e o braço da pontecruzada, isso faz com que a cabeça fique curvada em direção ao braço da ponte cruzada trazendo assim o filamento de actina em direção a miosina. Esse encurvamento entre a cabeça e braço é chamado cursos-de-potência (Powerstroke) ou força-de-deslocamento e automaticamente após o encurvamento a cabeça se solta do ponto ativo voltando a posição normal.
5. Quais são os papeis distintos dos túbulos...
tracking img