Trabalho Fenologia Heitor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1097 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ



HEITOR RENAN FERREIRA








FENOLOGIA DA Magnolia grandiflora L. NO CAMPUS III DA UFPR


















CURITIBA
2015
1. INTRODUÇÃO

Entende-se por fenologia como o estudo da ocorrência de eventos biológicos repetitivos e das causas de sua ocorrência relacionando-se às forças seletivas bióticas e abióticas, bem como sua inter-relação entre as fasescaracterizadas por estes eventos, dentro de uma mesma ou de várias espécies (LIETH, 1974 apud TALORA; MORELLATO, 2000), possuindo assim grande importância mediante reunião de informações sobre o estabelecimento de espécies, o período de crescimento, o período de reprodução e a disponibilidade de recursos alimentares (MORELLATO; LEITÃO-FILHO, 1992 apud ALMEIDA; ALVES, 2000).
Segundo Lorenzi (2003) AMagnolia grandiflora L. pertence à família Magnoliaceae e é uma árvore perenifólia, de 12-15m de altura, originária dos Estados Unidos, de tronco irregular, com casca pardo-escura não uniforme.
Ainda segundo Lorenzi (2003), a espécie possui ramos vigorosos e um tanto horizontais, formando copa piramidal na juventude da planta e aberta no envelhecimento. Apresenta folhas simples, alternas, aglomeradas naextremidade dos ramos, coriáceas, persistentes, de cor verde-escura e brilhante, com tomento ferrugíneo na face de baixo, de 6-12cm de comprimento. Possui flores grandes, brancas, aromáticas, solitária na extremidade dos ramos, com 8-12 pétalas ovaladas, formadas de julho a dezembro. Seus frutos são cônicos, semelhante a pinhas, marrom, lenhosos, deiscentes, expondo na superfície sementes comarilo vermelho quando maduros.
Tem sua multiplicação principalmente por sementes, as quais são produzidas em abundância nas regiões de altitude do Sul e tem como utilização no paisagismo em geral, em todo o mundo, devido a ser uma árvore com notáveis atributos ornamentais. É adequada para arborização urbana em geral. Tem um crescimento lento e muito sensível à transplantes, sendo contudo muitolongeva. Suas sementes são apreciadas por pássaros. Não é recomendada para regiões tropicais, sendo particularmente indicada para as regiões de altitude do sul e sudeste do Brasil (LORENZI, 2003).
O respectivo trabalho tem como objetivo avaliar a fenologia das árvores da espécie Magnolia grandiflora L., localizadas no Campus III da Universidade Federal do Paraná, mediante os métodos de percentual deatividade e índice de atividade.













2. MATERIAIS E MÉTODOS

O estudo foi realizado no Campus III - Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná (UFPR), qual localiza-se no bairro Jardim das Américas, cidade de Curitiba – PR, entre as coordenadas 25° 25’ de latitude sul e 49° 16’ de longitude oeste, possuindo uma área total aproximada de 64 há (LEAL; PEDROSA-MACEDO; BIONDI, 2009).Ainda segundo Leal, Pedrosa-Macedo e Biondi (2009), no Campus III - Centro Politécnico, a arborização é composta por espécies que foram plantadas tanto pelos técnicos da Prefeitura Universitária, como por professores e estudantes, visando diversas finalidades.
Para o estudo foram escolhidos 5 indivíduos de Magnolia grandiflora L. e marcado sua localização junto ao software Google Earth. Cadaindivíduo deste teve sua circunferência acima do peito (CAP) medida com o auxílio de uma trena, bem como teve sua altura estimada visualmente.
Utilizou-se dois métodos de avaliação das árvores, sendo eles: o percentual de intensidade de Fournier e o índice de atividade.
No método de avaliação dos indíviduos percentual de intensidade, proposto por Fournier (1974) apud Bencke e Morellato (2002), os valoresobtidos em campo através de uma escala intervalar semi-quantitativa de cinco categorias (0 a 4) e intervalo de 25% entre cada categoria, permitem estimar a porcentagem de intensidade da fenofase em cada indivíduo. Em cada mês, faz-se a soma dos valores de intensidade obtidos para todos os indivíduos de cada espécie e divide-se pelo valor máximo possível (número de indivíduos multiplicado por...