Trabalho estoques

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2547 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTOQUES





















SUMÁRIO


1. INTRODUÇÃO 3
2. ABORDAGEM TEÓRICA 3
1. HISTÓRICO 3
2. CONCEITO 4
3. MÉTODOS E SISTEMAS PARA REGISTRO DAS OPERAÇÕES COM MERCADORIAS 4
4. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS ESTOQUES 5
1. PREÇO ESPECÍFICO 5
2. PEPS 5
3. UEPS 7
4. CUSTO MÉDIO PONDERADO MÓVEL 8
5. CUSTO MÉDIO PONDERADOFIXO 9
2.5. ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE OS MÉTODOS 10

3. INVENTÁRIO DE MERCADORIAS 12
1. CONCEITO 12
2. OBJETIVOS 12
3. OCORRENCIAS COMUNS VERIFICADAS EM ESTOQUES 13
4. FORMAS DE INVENTÁRIOS 13
5. PREPARAÇÃO DO INVENTÁRIO 14
4. CONCLUSÃO 16
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 171. INTRODUÇÃO

O presente trabalho trata-se dos principais critérios de avaliação dos estoques adotados pelas empresas com sua real situação, são eles: Preço específico, PEPS, UEPS, Custo médio ponderado fixo e Custo médio ponderado móvel, tendo por finalidade mostrar a real situação dos bens destinados à transformação, reposição e a venda, sem que hajadesperdícios, pois tais bens representam o patrimônio físico das empresas.

Abordaremos a importância dos estoques dentro da atividade principal da empresa, bem como, seu funcionamento e sua aplicação, além de uma análise comparativa dos critérios que são de grande relevância para a tomada de decisões, não deixando de ver alguns exemplos para melhor compreensão.

2. ABORDAGEM TEÓRICA

2.1HISTÓRICO

O crescimento do comércio internacional durante o período medieval conduziu a um conjunto de inovações financeiras e organizacionais. Durante o século XII, surgiu e consolidou uma forma de organização denominada compagnia. A organização desses empreendimentos se desenvolveu e expandiu por toda Europa em virtude da expansão comercial ocorrida no final da Idade Média e que resultou,posteriormente, nas aventuras marítimas dos portugueses e espanhóis. Paralelamente, a melhoria da técnica contábil, com as partidas dobradas, possibilitou um controle e avaliação das operações da compagnia, uma vez que sua gestão era bastante centralizada.

Uma conseqüência disso é que possibilitou maior facilidade na aquisição do conhecimento a respeito de mercado particular. Com isso, os estoquespassaram a representar um dos ativos mais importantes do capital circulante e da posição financeira da maioria das companhias industriais e comerciais. A sua correta determinação no inicio e no fim do período contábil é essencial para uma apuração adequada do lucro líquido do exercício. Os estoques estão intimamente ligados às principais áreas de operações dessas companhias e envolvem problemasde administração, contabilização, controle e principalmente de avaliação.

2.2 CONCEITO

O termo "estoque" designa o "conjunto" dos itens materiais de propriedade da empresa que:
• São mantidos para venda futura;
• Encontra-se em processo de produção;
• São correntemente consumidos no processo de produção de produtos ou serviços a serem vendidos.
Os estoques limitam-se,em geral, ao estoque de produtos destinados à comercialização e ao estoque de materiais diversos ou auxiliares que, referindo-se a itens adquiridos prontos, tem o seu custo disponível nos documentos de aquisição, restando, apenas para a devida avaliação do estoque, aplicar, sobre esse custo, o método de apuração definido na legislação em vigor.
As empresas industriais, por sua vez,transformando matérias-primas e acoplando componentes para compor o produto final, apresenta, além dos estoques encontrados nas empresas comerciais, os estoques de matérias-primas para produção e os estoques de produtos em processamento, cujos itens, uma vez concluídos, são transferidos para o estoque de produtos acabados, correspondente ao estoque de bens para venda das empresas comerciais.


2.3...
tracking img