Trabalho escravo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1785 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE SALVADOR-UNIFACS
CURSO: BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL

DANIELA DE ARAUJO CERQUEIRA


TRABALHO ESCRAVO

Salvador
2012

UNIVERSIDADE SALVADOR-UNIFACS
CURSO: BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL

DANIELA DE ARAUJO CERQUEIRA
SILVANA PIRES FEITOSA

TRABALHO ESCRAVO

Trabalho apresentado como requisito parcial para avaliação à disciplina Sociedade, Direito e Cidadania do cursode Serviço Social ministrada pela Profa. Leila Guevara e da Tutora Lívia Silva Fetal.

Salvador
2012
QUESTÃO 01:
Um total de 16 maranhenses eram submetidos a trabalho escravo na região de Caioca, próximo ao município de Sobral, no Ceará. Esse é o primeiro caso registrado no Estado, segundo fontes do Ministério Público. Outros oito cearenses também estavam em condições subumanas, dormindo nosestábulos dos animais e se endividando com a compra de equipamentos para trabalho, alimentação e produtos de higiene, o que é proibido pelo Código Penal. Ricardo (nome fictício) saiu do município de São Mateus, no Maranhão, para realizar serviços no Ceará com a promessa de receber um salário mínimo mensal com carteira de trabalho assinada. Passado quase um mês, tudo o que Ricardo recebeu foram R$20,00, condições de alojamento péssimas e dívidas para a compra do material de trabalho. ""Eles me cobraram R$ 15,00 por uma foice, dormíamos nos estábulos dos animais. Prometeram botas, calças, mas tudo que deram foi uma camisa e um boné. Não era bom, ficava porque era o jeito", diz. O ano de 2011 estourou na mídia vários escândalos referentes ao Trabalho Escravo elabore a resposta desta questãoda seguintes forma: Introdução: aspectos históricos, conceituais e etc; Desenvolvimento: Exemplos das situações ocorridas no Brasil e no Mundo; Conclusão: A sua apreciação e comentários sobre a temática proposta;

TRABALHO ESCRAVO

Para começar este trabalho é necessário voltarmos ao início da história do Brasil (em meados de 1500). Para que, a partir dessa data, possamos de maneirasimplificada dar um passeio pelos acontecimentos, com a finalidade de demonstrar quando, como e por que surgiu o trabalho escravo. E, por conseguinte, demonstrar as conseqüências atuais dessa forma de exploração do trabalho humano.
Para os portugueses, o Brasil apresentava-se como uma terra cujas possibilidades de exploração e contornos geográficos eram desconhecidos. Assim, entre 1500 e 1535, com oinício da colonização portuguesa, a principal atividade econômica foi à extração do pau-brasil, conseguida a partir de relações de troca com os índios (escambo).
A escravização dos índios chocou-se com uma série de dificuldades, visto ser a intenção do colonizador apressar o domínio da terra. Os índios tinham uma cultura incompatível com o trabalho intensivo e regular como pretendido pelosportugueses. Somente produziam o necessário para garantirem sua subsistência, e o restante do tempo eram acostumados a dedicarem aos rituais e celebrações das tribos.
Paralelamente o mercado de negros vindo da África começa a se intensificar, e a Coroa portuguesa opta por comercializar esse produto que se tornara muito lucrativo. Tudo isso porque a metrópole logo tratou de tributar esse comércio, que semostrou rentável para todas as classes.
A escravidão negra foi algo que movimentou muito dinheiro, tanto para os comerciantes, intermediários, como para os consumidores (que abusavam dessa mercadoria) e, sobretudo, a Coroa portuguesa. Os negros já tinham experiência com os engenhos de açúcar, era a mão de obra mais barata e tinha em vasta quantidade. Os fazendeiros precisavam dessa mão de obrabarata para reduzir o preço do açúcar a valores competitivos no mercado internacional.
Porém, os negros não eram considerados pessoas titulares de direitos, eram tidos como racialmente inferiores e juridicamente reputados objeto de relações econômicas. O que seria um grande argumento na época para serem tratados como mercadorias. Legalmente o negro não era considerado pessoa e sim coisa....
tracking img