Trabalho em morfologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
FACULDADE DE LETRAS
CURSO DE GRADUAÇÃO








RUDIVAL RODRIGUES








O “MOVIMENTO” DOS COMPOSTOS NO PORTUGUÊS BRASILEIRO

















Salvador
2010
RUDIVAL RODRIGUES









O “MOVIMENTO” DOS COMPOSTOS NO PORTUGUÊS BRASILEIRO








Trabalho apresentado ao curso degraduação em Letras Vernáculas, Faculdade de Letras, Universidade Federal da Bahia, como requisito à obtenção de nota parcial para a disciplina Estudos em Morfologia, ministrada pela profª. Cristina Figueiredo.


















Salvador
2010
LEE, Seung-Hwa. (CNPq/UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS). Sobre os compostos no PB.
Conforme Lee, no Português Brasileiro hádois tipos de compostos: compostos lexicais e compostos pós-lexicais. Os compostos lexicais são formados no léxico e são sintaticamente opacos, ou seja, esses compostos se comportam como uma unidade (uma palavra comum) em relação a processos morfossintáticos, pois não permitem flexão, derivação, nem concordância. Os compostos pós-lexicais são formados no componente pós-lexical e, portanto,sintaticamente transparente (permitindo flexão, derivação, concordância); esses compostos resultam da atuação da regra de formação de palavras não-morfológicas, proposta por Di Sciullo & Williams.

As palavras compostas são formadas por aglutinação e justaposição, o que pode acontecer com e sem o hífen. As palavras compostas dividem-se em dois níveis: lexical e pós-lexical. As lexicais secaracterizam por se comportarem como palavras comuns em seus casos de flexão, enquanto as pós-lexicais se caracterizam por se comportarem como palavras separadas, ou seja, verdadeiramente compostas, isto é, recebendo ou sofrendo a flexão de seus constituintes também em seu interior, quer dizer, no interior da palavra composta. Essas palavras são diferenciadas pelas seguintes características:

1– A formação de plural diferencia o composto lexical do pós-lexical por este formar o plural através da inserção do morfema de plural entre seus constituintes, e, a depender da estrutura, também no final, enquanto que aquele só permite o acréscimo do morfema do plural ao final do composto. Estruturas: (N+N, A+A, V+N, N+P+N, N+A, A+A, A+N, V+V.
COMPOSTOS LEXICAIS:
N+N


01 –pontapé = pontapés
02 – madrepérola = madrepérolas
03 – bancarrota = bancarrotas
04 – ferrovia = ferrovias
05 – implantação = implantações
06 – lobisomem = lobisomens
08 – madressilva = madressilvas
09 – salsaparrilha = salsaparrilhas
10 – varapau = varapaus
11 – petróleo = petróleos
12 – artimanha = artimanhas
13– porta-estandarte = porta-estandartes
14 – superego = superegos
15 – metadiscussão = metadiscussões


N+A


01 – pernalta = pernaltas
02 – herói-cômico = herói-cômicos
03 – aguardente = aguardentes
04 – alto-alegrense = alto-alegrenses
05 – planalto = planaltos
06 – grão-cruz = grão-cruzes


A+N


01– baixa-mar = baixa-mares
02 – frigobar = frigobares
03 – extracorrente = extracorrentes
04 – divina-pastorense = divina-pastorenses
05 – pequeno-burguês = pequeno-burgueses


A+A


01 – vegetomineral = vegetominerais
02 – luso-brasileiro = luso-brasileiros
03 – tragicômico = tragicômicos
04 – mal-humorado = mal-humorados05 – bem-humorado = bem-humorados
06 – bem-encarado = bem-encarados
07 – bem-ensinado = bem-ensinados
08 – bem-feito = bem-feitos
09 – livre-natante = livre-natantes
10 – alto-falante = alto-falantes


V+N


01 – porta-bandeira = porta-bandeiras
02 – mata-barata = mata-baratas
03 – mata-burro = mata-burros...
tracking img