Trabalho em alturas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3457 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Auxiliomar Silva Ugarte e Neide Gondim: Uma reflexão da construção do pensamento social sobre a Amazônia

Luciane Maria Legeman Salorte[1]

RESUMO

Este texto analisa os elementos e as ideias que se fazem presentes na historiografia da Amazônia, discutidos por dois autores modernos: Auxiliomar Silva Ugarte e Neide Gondim. Nesta discussão, os dois autores dialogam acerca de como se deu aconstrução do pensamento social sobre a Amazônia e, para tanto, trazem à baila questões relacionadas: a) ao fascínio que essa região despertou nos seus conquistadores europeus, b) à intolerância racial e cultural, e c) à cobiça de bens materiais.

Palavras-chave: Amazônia, pensamento social, historiografia.

ABSTRACT

This text analyses on the elements and ideas that are present in thehistoriography of Amazon, which are discussed by two modern authors: Auxiliomar Silva Ugarte and Neide Gondim. On this discussion, the two authors talk about how the construction social thought about Amazon occurred and, for that, they bring lights on questions related to: a) the interest that this region arouse in its European conqueror, b) racial and cultural intolerance; and c) greed for materialgoods.

Keywords: Amazon, social thought, historiography.

1 INTRODUÇÃO

Ao longo dos últimos cinco séculos, a historiografia da Amazônia revelou alguns elementos que fomentaram a visão da região amazônica como sendo “margem” da “margem do mundo”. Essa visão foi construída baseada num “[...] padrão de ocupação e exploração que caracteriza a história da Amazônia, desde o seu início até opresente.” (BATISTA, 2007, p. 11). O ideário e os valores dos colonizadores europeus que trilharam o Novo Mundo, em particular a Amazônia, a partir do século XVI, bem como o conhecimento científico do século XVIII, fornecido pelos viajantes naturalistas, nas devidas proporções, ainda se impõem como sistema de pensamento interpretativo.
A ideia de supremacia da raça branca e europeia em relação aospovos indígenas e aos negros e mestiços; as hipóteses imaginosas e as explicações envoltas pelo fantástico e pelo simbólico, contidas nos discursos dos cronistas viajantes, em relação à conquista da Amazônia; e a cobiça do ouro e riquezas são alguns elementos que possuem evidente relevância para a construção da história do pensamento social amazônico.
O pensamento social amazônico configuradohistoricamente erigiu-se sob a égide do pensamento europeu, baseado em interpretações individuais que, na maioria das vezes, eram permeadas por noções preconceituosas como a dicotomia civilização e barbárie.
Diante disso, este artigo propõe uma reflexão da construção do pensamento social sobre a Amazônia. Para tanto, os autores Auxiliomar Silva Ugarte (2003) e Neide Gondim (2007) foramescolhidos como aporte teórico principal bem como outros autores que se fizeram pertinentes à questão.
Auxiliomar Silva Ugarte (2003, p. 4), no que diz respeito à visão do europeu sobre a Amazônia no século XVI, comenta que “[...] conceitos, juízos, símbolos, [...] e valores de sua civilização, os conquistadores, através de suas narrativas – escritas e orais –, transmitiam aos leitores e ouvintesdeterminadas imagens mentais [...]” sobre uma região tão pouco conhecida.
A tese de Neide Gondim (2007, p. 13) é acerca do processo de construção ideológica do território amazônico. Para tanto, traz à baila a questão da invenção da Amazônia, isto é, uma região que, pelas próprias palavras da autora, “[...] não foi descoberta, sequer construída.” A autora discorre acerca da influência que aregião amazônica sofreu das histórias fantásticas vindas do Oriente. Também destaca, dentre as leituras de referência sobre um entendimento profícuo sobre a Amazônia, o naturalista Buffon – século XVIII.

2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
2.1 O olhar europeu sobre a Amazônia no século XVI

De acordo com Ugarte (2003), a expedição colombina empreendida ao Novo Mundo pelos europeus no século XV...
tracking img