Trabalho em altura nr-35

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1166 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SENAC - SERVIÇO NACIOMAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL
CURSO :TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO



ALUNOS:
ALINE GERMANO DOS SANTOS
MARCOS MARCIANO COSTA
MIZIANA MARIA DOS SANTOS
JOELMA ALVES DOA SANTOS

PROFESSOR ESPECIALISTA: PATRIK GONÇALVES
MARTÉRIA: NORMATIZAÇÃO E LEGISLAÇÃO

MACEIÓ - AL
DATA:17-04-2013

Introdução


A ideia de criar a NR-35 surgiu após a realização do “1º Fórum Internacional de Trabalho em Altura”, em setembro de 2010, em São Paulo, promovido pela Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), em parceria com o Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp), a Ideal Work e o Ministério do trabalho e emprego. Essa norma específica vairegulamentar o trabalho em altura, uma das principais causas de acidentes do trabalho no Brasil. Publicada no Diário Oficial da União (DOU), a norma nº 35 (NR-35) estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para a atividade em altura, como o planejamento, a organização e a execução, com o objetivo de garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com aatividade..
Além da NR-35, a Portaria n° 313, do Ministério do Trabalho e Emprego, publicada no DOU, criou a Comissão Nacional Tripartite Temática (CNTT) da NR-35, com o objetivo de acompanhar a implantação da nova regulamentação. Em março de 2012 foi publicada a NR-35 trabalho em altura e suas obrigações entraram em vigor seis meses após sua publicação.

História da NR35
Os acidentes detrabalho têm sido frequentemente associados a patrões negligentes que oferecem condições de trabalho inseguros e a empregados displicentes
As causas dos acidentes de trabalho, normalmente, não correspondem a essa associação, mas sim às condições ambientais a que estão expostos os trabalhadores e ao seu aspecto psicológico, à falta de planejamento e organização para implementar medidas de controle esistemas preventivos de segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de trabalho . que cometem atos inseguros.
Objetivo e Campo de Aplicação
Estabelecer os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ouindiretamente com esta atividade.
Considera-se trabalho em altura toda atividade executada acima de 2,00 m (dois metros) do nível inferior, onde haja risco de queda.
Complementa-se com outras Normas Técnicas oficiais estabelecidas por Órgãos competentes e, na ausência ou na sua omissão dessas, com as normas internacionais aplicáveis.
35.2. Responsabilidade
35.2.1 Cabe ao empregador:
a)garantir a implementação das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma;
b) assegurar a realização da Análise de Risco - AR e, quando aplicável, a emissão da Permissão de Trabalho - PT; ...
e) adotar as providências necessárias para acompanhar o cumprimento das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma pelas empresas contratadas; ...
j) assegurar que todo trabalho em altura seja realizadosob supervisão, cuja forma será definida pela análise de riscos de acordo com as peculiaridades da atividade;
conclusão
35.2.2 Cabe aos trabalhadores
Cumprir as disposições legais e regulamentares sobre trabalho em altura, inclusive os procedimentos expedidos pelo empregador;
Colaborar com o empregador na implementação das disposições contidas nesta Norma;
Interromper suas atividadesexercendo o direito de recusa, sempre que constatarem evidências de riscos graves e iminentes para sua segurança e saúde ou a de outras pessoas, comunicando imediatamente o fato a seu superior hierárquico, que diligenciará as medidas cabíveis;
Zelar pela sua segurança e saúde e a de outras pessoas que possam ser afetadas por suas ações ou omissões no trabalho
Capacitação e treinamento
35.3.1 O...
tracking img