Trabalho desenvolvimento economico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2015 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Inovação tecnológica na indústria brasileira no passado recente
Olhando a literatura de uma perspectiva histórica, verifica-se a dimensão singularmente ausente nos estudos recentes sobre inovação, é recorrente a constatação de que o Brasil, é comparado com países internacionais quando se trata de P&D; nesse estudo verifica-se que o Brasil investe pouco em Pesquisa e Desenvolvimento, estebaixo nível de investimento em inovações explica a baixa taxa de crescimento e investimento que prevalecem a muito tempo e o alto gasto em inovação, o aprendizado é “passivo”, as inovações são “defensivas”, o sistema de inovações fragmentado e “imaturo”. e a busca reduzida de conhecimento. Precisando de novas gerações de pesquisadores do assunto e já no campo institucional precisamos de um interesserenovado das instituições publicas, federais e estaduais além de realizar pesquisas de instituições para representar os interesses do empresariado industrial e enfim acabar com a falta de comunicação entre os pesquisadores. A visão é “sistematizar o pensamento gerado no Brasil a respeito das características e determinantes do desempenho das empresas atuantes no país em matéria de P&D, geraçãode tecnologias e inovação em processos e produtos”.

Saúde no Brasil: Algumas Questões sobre o Sistema Único de Saúde (SUS)

A tempos a saúde no Brasil foi esquecida da agenda do governo. Só percebíamos a presença do estado em caso de epidemias e catástrofes, por isso cada família cuidava dos seus conforme suas posses , só começou a haver mudanças a partir da criação do seguro social em1923, e ainda mais rápido no Brasil contemporâneo, quando a importância social da saúde foi se tornando cada vez mais evidente, o ingresso de estrangeiros no país chega a marca de 30 mil por ano, que vem ao país exclusivamente para tratamentos médico/odontológico, associados a estética. Porém o Brasil ocupa uma posição epidemiológica intermediária onde as doenças crônicas degenerativas estãocrescendo de forma gradual.
São abordados vários aspectos relacionados ao financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS), à regulação setorial e à provisão de serviços. Um ponto fundamental para aumentar e melhorarmos a efetividade do SUS ( Sistema Único de Saúde ) é necessária uma reorientação do nosso modelo de atenção para responder melhor as exigências do quadro epidemiológico. com predomínio dasdoenças crônicas não transmissíveis e à necessidade de garantir, de forma eficiente e oportuna, o princípio da integralidade da atenção.
A taxa de utilização do sistema de saúde pela população que tem planos privados é, em média, duas vezes maior do que a mesma taxa para aqueles que dependem do SUS. “Isso demonstra que a questão do acesso faz a diferença. A população que tem planos de saúde não émais doente, ela apenas tem mais meios de chegar até os especialistas”, afirma a professora doutora da FIOCRUZ Silvia Marta Porto.
Silvia aponta dados que mostram desigualdades dentro do próprio SUS. Segundo ela, os 10% mais ricos são os que mais usam o SUS para procedimentos cirúrgicos complexos, geralmente não cobertos pelos planos de saúde. “Os 10% mais ricos usam três vezes mais o SUS do queos 10% mais pobres no caso de procedimentos complexos. Isso acontece porque os mais pobres não conseguem nem chegar a este patamar do tratamento da doença, eles são barrados já nos primeiros cuidados”, afirmou ela.
Para Gilson Carvalho, o que é feito com o montante destinado ao SUS é “milagroso”. Segundo ele, os gastos públicos no setor chegam a R$ 127 bilhões por ano. Nos países desenvolvidos,esse montante é de, em média, R$ 679 bilhões. “E a maior distorção é que aqui, grande parte desse dinheiro é gasto com procedimentos complexos, quando mais dinheiro deveria ser investido na prevenção e nos primeiros cuidados”.

O Brasil e seus vizinhos na América do Sul


Os governantes do Brasil há tempos vem com interesse intensificar as suas relações econômicas com países vizinhos ,...
tracking img