Trabalho decente e juventude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 308 (76784 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO

TRABALHO DECENTE E JUVENTUDE

34 milhões de

Agenda Hemisférica 2006 - 2015

Brasil

jovens com empregos produtivos e trabalho decente constroem o progresso

Trabalho DecenTe e Juventude braSIl

Copyright © Organização Internacional do Trabalho 2009 1ª edição 2009 As publicações da Organização Internacional do Trabalho gozam da proteção dos direitos autorais sob oProtocolo 2 da Convenção Universal do Direito do Autor. Breves extratos dessas publicações podem, entretanto, ser reproduzidas sem autorização, desde que mencionada a fonte. Para obter os direitos de reprodução ou de tradução, as solicitações devem ser dirigidas ao Publicações OIT (Direitos do autor e Licenças), International Labour Office, CH-1211 Geneva 22, Switzerland. Os pedidos serão bem-vindos.Costanzi, Rogério Nagamine Trabalho decente e juventude no Brasil. [Brasília]: Organização Internacional do Trabalho, 2009. 220 p. ISBN 978-92-2-822835-9 (Impresso) ISBN 978-92-2-822836-6 (web pdf) 1.- Trabalho decente. 2.- Juventude. 3.- Emprego de Jovens. 4.- Brasil. I. Costanzi, Rogério Nagamine II. OIT Também disponível em espanhol: Trabajo decente y juventud en el Brasil (ISBN978-92-2-322835-4), Lima, 2009. 13.01.3 O presente documento foi preliminarmente discutido em jornadas técnicas, envolvendo representantes do Governo brasileiro, de empregadores, trabalhadores e de organizações não-governamentais, bem como do Conselho Nacional da Juventude (Conjuve). Foi elaborado sob a supervisão técnica de Laís Abramo, Diretora do Escritório da OIT no Brasil e Luis Gonzalez. Colaboraram KarinaAndrade, Moema Prado e Marcia Vasconcelos. A revisão de estilo foi feita por Luciene Rosa de Assis jornalista – RP 1224/07/55/DF As designações empregadas nas publicações da OIT, segundo a praxe adotada pelas Nações Unidas, e a apresentação de matéria nelas incluídas não significam, da parte da Organização Internacional do Trabalho, qualquer juízo com referência à situação jurídica de qualquerpaís ou território citado ou de suas autoridades, ou à delimitação de suas fronteiras. A responsabilidade por opiniões expressas em artigos assinados, estudos e outras contribuições recai exclusivamente sobre seus autores, e sua publicação não significa endosso da OIT às opiniões ali constantes. Referências a firmas e produtos comerciais e a processos não implicam qualquer aprovação pela OrganizaçãoInternacional do Trabalho, e o fato de não se mencionar uma firma em particular, produto comercial ou processo não significa qualquer desaprovação. As publicações da OIT podem ser obtidas no Escritório para o Brasil: Setor de Embaixadas Norte, Lote 35, Brasília - DF, 70800-400, tel.: (61) 2106-4600, ou no International Labour Office, CH-1211. Geneva 22, Switzerland. Catálogos ou listas de novaspublicações estão disponíveis gratuitamente nos endereços acima, ou por e-mail: pubvente@ilo.org e biblioteca@oit.org.pe Visite nossa página na Internet: www.ilo.org/publns ; www.oit.org.pe/publ e http://www.oit.org.pe/tdj/ Impresso no Perú

ADVERTÊNCIA O uso de uma linguagem que não discrimine nem marque diferenças entre homens e mulheres é uma preocupação constante de nossa Organização. Noentanto, não há um acordo entre os lingüistas sobre a forma correta de fazê-lo no idioma português. Nesse sentido, e com a finalidade de evitar uma sobrecarga gráfica que acarretaria o uso de “o” ou “a” para marcar a existência de ambos sexos, optou-se por utilizar o masculino genêrico clássico, considerando que todas as menções em tal gênero representam sempre a homens e mulheres.

Este texto foielaborado por Rogério Nagamine Costanzi, ao longo do primeiro semestre de 2008, sob a supervisão técnica de Laís Abramo e de Luis Gonzalez, coordenador do Projeto Prejal na ocasião, e contou com a colaboração de Karina Andrade, Moema Prado e Márcia Vasconcelos. Uma versão preliminar do documento foi apresentada e discutida, em jornadas técnicas, com representantes do governo, dos empregadores e...
tracking img