Trabalho de tcc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3722 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÂO

Existem pessoas que, apesar de ingerir altas quantidades de alimentos calóricos, não engordam, devido a vários fatores ligados ao funcionamento do metabolismo. Mas a boa forma do corpo nem sempre é sinal de saúde e qualidade de vida, pois levados pela estética, a maioria dos jovens não se preocupam com a alimentação saudável, que deve oferecer um cardápio variado, composto decarboidratos, vitaminas, sais minerais e proteínas, porém, na maioria das vezes o que acontece é o exagero no consumo de alimentos pobres em nutrientes. Para a realização do projeto serão analisados os hábitos alimentares entre os alunos da Escola Técnica Polivalente de Americana e o nível de preocupação e cuidado com a qualidade de vida, por meio do levantamento da base teórica e conceitual epesquisa de campo, com aplicação de questionários.

2 HISTÓRICO

2.1 O corpo e suas expressões

A preocupação em manter o corpo em forma começou há muitos anos atrás. Desde o inicio da humanidade é valorizada a boa forma física, a beleza e a perfeição como algo essencial à sobrevivência. Logo no século III a.C. era demonstrada a preocupação com o movimento corporal através de esculturasartísticas. Depois, na idade média foi considerado pela igreja como símbolo do pecado. Na Renascença foi objeto de estudos e experiências. E enfim, no século XX e XXI a exposição de modelos corporais foi atribuído como indicativo de beleza em todos os formatos de mídia, vinculando a estética e a magreza como um ideal.

2.2 A mudança nos hábitos alimentares

A história da alimentação diz respeito àsinfluências e hábitos adquiridos e cultivados durante anos, até chegar ao que é conhecido atualmente por hábitos alimentares.
Após o descobrimento da América no século XIII, pratos considerados sinônimos de sustento e boa alimentação era o feijão preto com farinha de mandioca e pedaços de linguiça. Todas as famílias brasileiras, pertencentes a diferentes classes sociais, possuíam essa comida emsuas mesas.
Com o crescimento das capitais de Minas Gerais, Mato Grosso, São Paulo e Goiás teve início a fase de divisão de povos, em função do cultivo de café, algodão e cacau para consumo próprio. Nesta época os brasileiros não tinham o costume de cozinhar os alimentos.
Com o aumento considerável de população mundial, e junto uma melhoria na renda de parte deles, a diversificação e a demandapor alimentos teve um grande progresso. As pessoas passavam a se alimentar de maneira mais saudável e consciente, mas isso não durou muito tempo.
No mundo moderno, muitas pessoas ficam sem tempo para se alimentar direito, deixando de se importar com a qualidade do que ingerem. Comidas prontas e pouco benéficas ao corpo são as mais procuradas.
3 CONCEITOS

3.1 Saúde

A maioria da populaçãoacredita que ser saudável é a ausência de doenças no corpo, e esse modo de pensar não estava errado até pouco tempo atrás. Com o aumento da população e o surgimento de novas doenças esse conceito teve que ser completado, levando em consideração fatores como a alimentação, a prática de exercícios físicos e o acesso ao sistema de saúde. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS) o conceito de saudável éo conjunto de bem estar físico, mental e social.
Hoje, a dor não é a única coisa que nos leva a acreditar que algo está errado, nossa vida social, familiar, econômica e psicológica influenciam nossa saúde, resultados negativos em algumas delas podem trazer modificações ao nosso organismo. Veja a saúde em cada um dos aspectos:
- Saúde física: o bem estar corporal, considerando a ausência dedoenças.
- Saúde psicológica, social e familiar: é importante estar bem consigo mesmo e com as pessoas a nossa volta, se as situações do dia-a-dia forem harmônicas e respeitosas, certamente o resultado será positivo.

3.2 Magreza

A magreza pode ser causada por vários motivos que podem agir separadamente ou em conjunto. Dentre eles, os mais comuns são: a ingestão insuficiente de alimentos para...
tracking img