Trabalho de psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1516 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE BATISTA DE VITÓRIA - FABAVI
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESA

A MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES

ANDRÉ BATISTA DOS SANTOS
DALVA LUCK
MARCELO BATISTA SANTOS
NEUZA DOS SANTOS CASSIANO

VILA VELHA, ES
2009
ANDRÉ BATISTA DOS SANTOS
DALVA LUCK
MARCELO BATISTA SANTOS
NEUZA DOS SANTOS CASSIANO

A MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕESTrabalho apresentado à disciplina
de Psicologia, curso Administração
de empresas, 2° período. Faculdade
Batista de Vitória, FABAVI

Professora Paula

VILA VELHA ES
2009
SUMÁRIO1.INTRODUÇÃO__________________________________________________

_________4

2.A MOTIVAÇÃO NO PASSADO ____________________________________________5

3.PONTOS TEÓRICOS SOBRE A MOTIVAÇÃO_______________________________6
3.1.Teoria de Taylor
3.2.Teoria de Elton Mayo
3.3.Teoria de Maslow

4.A MOTIVAÇÃO NO SÉCULO ATUAL______________________________________75.CONCLUSÃO___________________________________________________

_________8

6.REFERÊNCIAS_________________________________________________

_________9

1.INTRODUÇÃO

A motivação tem sido um dos temas mais complexos estudados atualmente em gestão das pessoas, mas ainda assim permanece como um dos aspectos mais preocupantes do cotidiano das organizações.
A cada dia que passa podemos perceber como as organizações,desde as grandes até as menores corporações, têm percebido a grande importância em investir mais no potencial humano, no entanto a diferença está nas pessoas, pois é através delas que uma empresa se mantêm firme em um mercado competitivo.
O fenômeno da motivação humana no trabalho, é necessário ressaltar que, para compreender esse fenômeno e a forma pela qual as teorias motivacionaiso abordam, é fundamental o conhecimento do conceito da natureza humana, da definição de trabalho e da função, quer seja no nível do indivíduo, quer seja da sociedade mais ampla adotada por cada uma delas AGUIAR, (1997).
É importante que se leve em consideração a existência das diferenças individuais e culturais entre as pessoas quando se fala em motivação. Esse diferencial não sópode afetar a interpretação de um desejo, mas também o entendimento da maneira particular como as pessoas agem na busca dos seus objetivos. Aos poucos vai se tornando viável entender que não é possível motivar quem quer que seja. As pessoas já trazem dentro de si expectativas pessoais que ativam determinado tipo de busca de objetivos BERGAMINI, (1997).

2.A MOTIVAÇÃO NO PASSADOAntes da Revolução Industrial, a principal maneira de motivar consistia no uso de punições, criando, dessa forma um ambiente generalizado de medo. Tais punições não eram unicamente de natureza psicológica, podendo aparecer sob forma de restrições financeiras, chegando até a se tornar reais sob a forma de prejuízos de ordem física.
Levando em conta que as organizações passaram a existirmuito tempo antes da Revolução Industrial, é possível concluir que a preocupação com o aspecto motivacional do comportamento humano no trabalho represente um fato bastante recente.
Com a Revolução Industrial, investimentos cada vez mais pesados foram feitos com objetivo de aumento da eficiência dos processos industriais que, por sua vez, passaram a exigir maiores e maisrecompensadores retornos. Esse novo rumo nos negócios gerou grande preocupação em termos da melhora dos procedimentos na forma de trabalhar.
Passou-se a exigir que o papel a ser desempenhado pelos gerentes e administradores fosse não só o de encontrar pessoas mais adequadas para os diferentes cargos, como também de treiná-las no uso de ferramentas e métodos mais produtivos.
A...
tracking img