Trabalho de java

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA















“JAVA”







Trabalho de Pesquisa entregue
ao Professor Rodrigo Kiyoshi
Saito como LD (Listas Diversas).




JUNDIAÍ – SP
2012SUMÁRIO


1. Introdução...............................................................................................................................4
2. O que é Java............................................................................................................................5
3. A Origem dessalinguagem....................................................................................................5
4. Plataformas e tecnologias do Java..........................................................................................6
5. Dispositivos com Java e IDE’s utilizados..............................................................................7
6. Java VirtualMachine..............................................................................................................7
8. Conclusão................................................................................................................................7
9. ANEXO...................................................................................................................................9























IntroduçãoUm sistema de arquivos é um conjunto de estruturas lógicas e de rotinas, que permitem ao sistema operacional controlar o acesso ao disco rígido. Diferentes sistemas operacionais usam diferentes sistemas de arquivos. Conforme cresce a capacidade dos discos e aumenta o volume de arquivos e acessos, esta tarefa torna-se mais e mais complicada, exigindo o uso de sistemas de arquivos diferentes, que vãodesde sistemas simples como o FAT16, que utilizamos em cartões de memória, até sistemas como o NTFS, EXT3 e ReiserFS, que incorporam recursos muito mais avançados.
Não é possível gravar dados em um HD ou em qualquer outro dispositivo de armazenamento de forma a manter as informações acessíveis e organizadas sem um sistema de arquivos (file system) – essencialmente, um tipo de estrutura queindica como os arquivos devem ser gravados e lidos pelo sistema operacional do computador.
É o sistema de arquivos que determina como as informações podem ser guardadas, acessadas, copiadas, alteradas, nomeadas e até apagadas. Ou seja, resumindo, toda e qualquer manipulação de dados em um dispositivo de armazenamento necessita de um sistema de arquivos para que estas ações sejam possíveis. Sem umsistema de arquivos os dados armazenados seriam apenas um conjunto de bits sem utilidade.
No mundo Windows, temos apenas três sistemas de arquivos: FAT16, FAT32 e NTFS. O FAT16 é o mais antigo, usado desde os tempos do MS-DOS, enquanto o NTFS é o mais complexo e atual. Apesar disso, temos uma variedade muito grande de sistemas de arquivos diferentes no Linux (e outros sistemas Unix), que incluem oEXT2 (conhecido como “Second Extended Filesystem”, e foi desenvolvido para ser o sucessor do Minix), EXT3 (que nada mais é que uma versão do EXT2, porém com o recurso journaling, que permite recuperar o sistema após um grave dano no disco em uma velocidade muito superior em comparação a sistemas de arquivos que não possuem esse recurso), ReiserFS ( que foi criado recentemente, porém quase todasas distribuições de Linux o suportam, porque além de outras características, ele tem boa performance no sistema), XFS ( é considerado um dos melhores sistemas de arquivos para banco de dados, pois é muito rápido na gravação), SWAP ( é na verdade um espaço reservado para a troca de dados com a memória RAM) e VFAT ( o famoso FAT32 do Windows). Para quem usa apenas o Windows, estes sistemas podem...
tracking img