Trabalho de humanismo e cidadania

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1094 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ficha: Humanismo e Anti-Humanismo

O termo “humanismo” baseia-se em uma expressão polissêmica que remete a um campo de discussão precipuamente filosófico. Esta primeira localização não evidencia precisamente seu teor, apenas situa-lhe de modo a se poderem desdobrar discussões que permitem mencionar seus efeitos em contextos tais como o político e o jurídico.
O humanismorelaciona com a filosofia moral que coloca os seres humanos como principais. É composta por uma variedade de posturas éticas que atribuem com o valor da dignidade, aspirações e capacidades humanas. Embora a palavra possa ter vários significados destaca-se por contraposição ao apelo ao sobrenatural ou uma força superior. Desde o século XIX, o humanismo afiliado ao anticlericalismo herdado dosfilósofos humanistas do século XVIII.
A história da nossa civilização começa com o início da civilização dos gregos. Embora os gêneros históricos sejam sempre grosso modo podemos conceber a cultura, especialmente a filosófica da antiga Idade Cristã até a Idade Média.
Os Pré-Socráticos eram filósofos no qual viveram na Grécia Antiga e dentro de suas colônias. São chamados dessa forma,pois vieram de Sócrates conhecido como o principal divisor de águas do conhecimento filosófico.
O primeiro filósofo em qual temos uma obra organizada é Platão, e logo depois Aristóteles. Estes foram conhecidos como os filósofos da natureza, pois examinavam questões pertinentes a esta, como por exemplo, de que é feito o mundo. Suspenderam com a visão mítica e religiosa da natureza queprevalecia na  época, adotando uma forma científica de pensar. Alguns pré-socráticos se propuseram a explicar as transformações da natureza, tinham preocupação cosmológica. A maior parte do que sabemos desses filósofos é encontrado na doxografia de Aristóteles, Platão, Simplício e na obra de Diógenes Laércio (século III d. C), Vida e obra dos filósofos ilustres. A partir do século VII A.C., há umarevolução monetária da Grécia, advindo inovações científica. Isso colaborou com uma forma mais racional do pensar.
Os Pré-Socráticos ocasionaram uma analise de filósofos contemporâneos como Nietzsche, que facilitou com a sua obra a filosofia na época fatal dos Gregos e Heidegger, que aplicou seu sistema na história da filosofia.
A palavra Sofista significa sábio, entretanto,com o decorrer do tempo, ganhou o sentido de impostor, devido, sobretudo, às duras críticas de Platão.
Os sofistas eram professores viajantes que, por determinado preço, vendiam ensinamentos práticos de filosofia. Levando em consideração os interesses dos alunos, davam aulas de retórica e o entendimento mental, ou seja, tinham facilidade ao falar e eram agíeis. Ensinavam conhecimentosúteis para o sucesso dos negócios públicos e privados.
Segundo W.Jaeger considerava os sofistas como os primeiros humanistas de cultura ocidental em virtude de serem os fundadores da ciência “paidéia” ,isto é, da educação, e opina que ainda hoje a formação intelectual trilha em grande parte, os mesmos caminhos.
Sócrates nasceu na cidade de Atenas, provavelmente no ano de 470 A.C, etornou-se um dos principais pensadores da Grécia Antiga. Podemos afirmar que Sócrates fundou o que conhecemos hoje por filosofia ocidental. Foi influenciado pelo conhecimento de outro importante filósofo grego: Anaxágoras. Seus primeiros estudos e pensamentos discorrem sobre a essência da natureza da alma humana.
O filósofo Sócrates era considerado pelos seus contemporâneos um dos homensmais sábios. Em seus pensamentos, evidenciava uma necessidade de levar o conhecimento para os cidadãos gregos. Seu método de transmissão de conhecimentos e sabedoria era a conversa. Através da palavra, o filósofo tentava levar o conhecimento sobre os fatos do mundo e do ser humano.
Mesmo não obtendo relatos escritos, o mesmo transmitiu antes de tudo o preceito do oraculo de Delfos:...
tracking img