Trabalho de ergonomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3412 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A iluminação ambiente é um fator relevante para o conforto visual, que pode influenciar na produtividade e qualidade final do trabalho.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) determina a quantidade mínima de iluminação para diversos tipos de atividades. Seguir esta normatização é apenas o primeiro passo para se ter um ambiente saudável neste sentido. Na seqüênciadeve-se preocupar com a localização dos postos de trabalho em relação às luminárias e janelas. Deve-se ainda estar atento às diferenças entre colaboradores destros e canhotos que ocuparão os postos.

Existem dois grandes problemas relacionados com a luz, para quem trabalha com equipamentos computadorizados: o primeiro deles é a iluminação inadequada, que dificulta a leitura de documentos e o segundosão os reflexos, que surgem nas telas e dificultam a leitura dos caracteres no monitor.

Dentre as causas de iluminação inadequada estão à iluminação excessiva, produzida por luz natural, em uma sala com grandes janelas e sol. Os caracteres em um monitor de vídeo são mais visíveis em uma sala com iluminação artificial do que em um local com intensa iluminação natural.
Outra desvantagem da luznatural é a criação de focos de reflexão da luz da janela, no monitor. Os reflexos "forçam" a vista e obrigam o funcionário a desviar a cabeça para poder enxergar, ocasionando sobrecarga do pescoço.














Iluminação para a visão humana
Falar da importância da visão humana pode parecer grande redundância. No entanto observando-se muitos locais de trabalho nas mais variadasempresas nota-se que nem todos ainda entenderam o quanto este sentido é essencial para a consecução dos trabalhos. Tal fato na verdade não nos causa lá grande admiração até porque outros itens mais evidentes no que diz respeito à falta de condições adequadas no meio ambiente do trabalho são abundantes e nem mesmo soluções para estes são buscadas com esforços mais sérios.
Na verdade o olhohumano é o receptor mais importante de informações. Alguns estudos mostram que de 80 a 90 % de todas as nossas percepções ocorrem através da visão o que não é muito diferente em muitos trabalhos que o homem realiza. Supostamente pode-se então acreditar – pela experiência e vivência – que grande parte da fadiga relativa ao trabalho passe pela sobrecarga dos olhos. Talvez no futuro tanto os estudos –como mesmo a nossa legislação tratem o assunto com mais detalhes.
Obviamente fomos projetados e dimensionados para trabalhar com a luz natural. A luz do dia com céu claro e sem nebulosidades – o chamado céu de brigadeiro – é composta de 90 % de luz solar direta e 10 % de luz difusa. Sempre que possível os postos de trabalho devem ser planejados para o máximo de aproveitamento possível da luznatural. Neste ponto é interessante citar alguns números: em um dia nublado de verão é possível encontrarmos de 10.000 a 30.000 lux em locais abertos. – já em dias de verão os valores chegam a 100.000 lux.
As premissas básicas para a definição da iluminação de um posto de trabalho devem levar em conta que a mesma não gere risco de acidentes e ao mesmo tempo seja condizente com as exigências da tarefaa ser realizada. Para definir o tipo de iluminação – há necessidade de compreenderem-se melhor as tarefas visuais. Uma boa referencia para isso é utilizar a norma DIN 5035 – que leva em conta a dimensão dos contrastes de densidade luminosa e de cores que surgem, a dimensão dos principais elementos de estrutura, a velocidade com que estes devem ser detectados, a segurança desejada para aidentificação e o tempo de duração do trabalho visual. Obviamente que quanto maior o grau de dificuldade da tarefa visual maior deverá ser a qualidade da iluminação. Para atender estas necessidades podemos valermo-nos de uma iluminação geral ou de uma iluminação geral orientada para o posto de trabalho ou por fim – nos casos mais complexos – de iluminação no próprio posto de trabalho individual ou não....
tracking img