Trabalho de economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4577 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Anhanguera
Centro de Educação a Distância

Desafio de Aprendizagem
Economia

Delbra Pereira da Silva – 3306511293 – Administração
Hellen Yara Pereira – 3333550560 – Administração
Luciana Soares Bezerra – 3328539122 – Administração
Shirley Pinto da Silva – 3305497246 – Administração

Brasília / DF
2011
Delbra Pereira
Hellen Yara
Luciana Soares
Shirley Pinto

DESAFIODE APRENDIZAGEM
Professora EAD: Ma. Renata Machado Garcia Dalpiaz
Professora presencial: Elane Ramalho
Professor tutor a distância:

Trabalho apresentado ao Curso de Graduação em Administração da Universidade Anhanguera Uniderp, como requisito para a obtenção de conhecimento e atribuição de nota da disciplina Economia.

Brasília / DF
2011
INTRODUÇÃO

O objetivo do trabalho é conheceros grandes pensadores e percussores da teoria econômica.
Verificar que essas teorias foram fundamentais para o desenvolvimento da teoria econômica, entender como a economia pode ajudar no nosso dia a dia, qual a função dentro da sociedade e quais as interferências do governo na economia e na sociedade.
Analisar os problemas econômicos e formular soluções para resolvê-los de forma a melhorarnossa qualidade de vida.Identificar quais são as interferências do governo em uma economia, suas conseqüências e as relações com o mercado.

Custo real de Oportunidade
O custo de oportunidade é um termo usado em economia para indicar o custo de algo em termos de uma oportunidade renunciada, ou seja, o custo, até mesmo social, causado pela renúncia do ente econômico, bem como os benefícios quepoderiam ser obtidos a partir desta oportunidade renunciada ou, ainda, a mais alta renda gerada em alguma aplicação alternativa.
O custo de oportunidade foi definido como uma expressão "da relação básica entre escassez e escolha". São custos implícitos, relativos aos insumos que pertencem à empresa e que não envolvem desembolso monetário. Esses custos são estimados a partir do que poderia serganho no melhor uso alternativo (por isso são também chamados custos alternativo ou custos implícitos). Os custos econômicos incluem, para além do custo monetário explicito, os custos de oportunidade que ocorrem pelo fato dos recursos poderem ser usados de formas alternativas.
Em outras palavras: O custo de oportunidade representa o valor associado a melhor alternativa não escolhida. Ao se tomardeterminada escolha, deixa-se de lado as demais possibilidades, pois são excludentes, (escolher uma é recusar outras). À alternativa escolhida, associa-se como "custo de oportunidade" o maior benefício NÃO obtido das possibilidades NÃO escolhidas, isto é, "a escolha de determinada opção impede o usufruto dos benefícios que as outras opções poderiam proporcionar". O mais alto valor associado aosbenefícios não escolhidos, pode ser entendido como um custo da opção escolhida, custo chamado "de oportunidade.

Exemplo:

Se uma cidade decide construir um hospital em um terreno vazio de propriedade estatal ou pública, o custo de oportunidade é representado pela renúncia a erguer outras construções naquele terreno e com o capital investido. Rejeita-se por exemplo a possibilidade de construirum centro esportivo, ou um estacionamento, ou ainda a venda do terreno para amortizar parte das dívidas da cidade, e assim por diante.
Nesse caso a punição no Brasil,está prevista na Lei de Responsabilidade fiscal - LRF, para o administrador público que desrespeitar esse preceito contábil.

Curva de Possibilidades de Produção
Exemplo:
Sendo os recursos escassos temos que sacrificar totalou parcialmente outro bem qualquer
Utilizando todos os recursos disponíveis ( " pleno emprego dos fatores " )
Possibilidades Automóveis Alimentos
(ou alternativas) (milhões de unidades) (milhões de toneladas)
A 0 15
B...
tracking img