Trabalho de economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Estácio de SA – São Jose


Adm. Com Gestão em Sistemas de Informação 3º Fase Noturno


Disciplina: Economia

Introdução
 
Durante o período da Segunda Grande Guerra Mundial, paises do Eixo e da Aliança uniram forças e lutaram entre si. Isso levou com que a economia mundial desse viradas violentas quanto ao seu comportamento. O foco era a guerra, e o abastecimentode armamento, não mais a produtividade em pro sociedade. Isso levou alguns paises a entrar em profundas crises econômicas. O alto consumido devido ao longo período de guerra, levou paises como Brasil, Estados Unidos, entre outros a aproveitar-se dessa alta demanda por armamento e alimento, para industrializar-se e fomentar a produção e o desenvolvimento de novas tecnologias.
No pós guerra,os paises tinham de se reestruturar, com isso foram criados dois órgãos mundiais junto a OMC, o BIRD ou Banco Mundial que tem como objetivo atender a pedidos de empréstimos procedentes de paises membros do FMI e da OMC. E o FMI Fundo Monetário Internacional, que tem como meta assistir paises signatários nos desajuntes de seus balanços de pagamentos e assegurar a estabilidade cambial. Com essesdois órgão os paises atingidos pela guerra começam a se reerguer e o começo de uma nova tendência econômica. E com essas ferramentas o Brasil passou a buscar recursos para se reerguer e fomentar sua economia e expandir sua industrialização.
 




















Economia Brasileira Pós Segunda Guerra Mundial
 
Logo após o fim da guerra os paises atingidoscomeçaram a se reestruturar. A demanda por produtos importados era intensa. O Brasil acabou cedendo a essa demanda e estabeleceu um regime cambial isento de restrições, e como resultado o governo obteve um aumento de 115% nas importações em um ano.
A guerra levou o pais a um enorme desgaste nas suas linhas ferroviárias devido a alta demanda da guerra de bens de consumo, alem da Marinha Mercantilque acabou por ser lesada pois teve diversas baixas devido a ataques de submarinos do Eixo, fazendo com que o Brasil tivesse uma economia desequilibrada, levando-o a depender ainda mais das importações devido falta de avanço científico e tecnológico que o capitalismo exigia.
O governo ao perceber a alta nas importações buscou conte-la com um Sistema e Licença Previa na Carteira de Exportaçãoe Importação CEXIM, bens essenciais como combustíveis, produtos alimentícios, cimento, papel e equipamento tipográfico, foram praticamente livres para importações, já os de menor interesse, carro, perfumes ficam sua importação a maior disponibilidade de reservas cambiais.



Cronologia Econômica do Brasil



• 1946-51: Foi criado o Conselho Nacional de Economia, um órgão deauxilio aos programas criados pelo governo, para dar maior base as empresas nacionais. Em 1946 assume o governo Eurico Gaspar Dutra, traz com ele o Plano Saude, ALimentaçao, Transporte e Energia. Ultilizando-se de 10% do PNB (produto interno Bruto) para por em pratica seu plano de desenvolvimento econômico e industrial. Com o plano SALTE veio empresas como Petrobrás (o petróleo e nosso!) e aEletrobrás (fornecedora de energia). Eurico trouxe consigo o plano e um importante salto para o crescimento industrial do pais.


• 1947-49: Leva o Brasil a criar o sistema de licença previa, onde levou incentivo para a produção interna, onde possibilitou maior retração das importações. O governo nesse período se preocupou em dar incentivos cambiais, fiscais e crediários. Onde o setor da agriculturafoi o que mais se beneficiou sendo considerado o maior gerador de sustentação a este processo de industrialização. Assim levaram as cidades a um crescente populacional, ganhando mais infra-estrutura e gerando mão-de-obra relativamente barata e abundante.


• 1948: Formada uma comissão que visava o auxilio dos EUA para diagnosticar a situação econômica do Brasil e apresenta soluções,...
tracking img