Trabalho de economia anhanguera segundo semestre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6660 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera - Uniderp
Centro de Educação a Distância

Curso ADMINISTRAÇAO Período Letivo 2011/2
Semestre 2º Sem Disciplina Economia
Nome Tutor Presencial: Vânia
Nome Professor EAD Ma. Renata Machado Garcia Dalpiaz
Nome Aluno(a) Denise jara Martins Ra: 294895
Luana Marques Ra:340596
Ediel Oliveira Pereira Ra: 289256
Rodenilson de Souza Moreira Ra: 290435
Rogério Almeida Ra: 308432



CUSTO DE OPORTUNIDADE

Este estudo teve o objetivo de analisar a influência do custo de oportunidade da terra na estrutura de custos do manejo debaixo impacto em florestas tropicais em dois ciclos de produção. Os dados foram obtidos em uma fazenda situada no município de Marcelândia, estado do Mato Grosso, que explora a floresta tropical sob regime de manejo e comercializa as toras para indústrias da região. Os resultados demonstraram elevação dos custos variáveis de R$ 39,56/m3 para R$ 43,09/m3 ao longo do primeiro ciclo em função daimplantação dos tratos silviculturais, com o custo fixo permanecendo em R$ 22,62/m3. No segundo ciclo, ocorreu redução no custo total em razão do aumento da produtividade para 15 m3/ha e da eliminação de operações das atividades pré-exploratória e exploratória, com o custo variável passando para R$ 30,69 e o custo fixo para R$ 18,10/m3. Ao considerar os custos de oportunidade da terra, o custo fixoassumiu a maior parcela dos custos totais, com R$ 45,99/m3 no primeiro ciclo e R$ 34,37/m3 no segundo ciclo.

Comprar o primeiro carro é o sonho de consumo de todo jovem. Com o alongamento do prazo de financiamento e redução na taxa básica de juros, muitos conseguiram realizá-lo.
Apesar do blog falar sobre jovens e investimentos, resolvi escrever este post depois de descobrir que meu carro é omaior devorador de orçamento mensal que tenho, considerando que ainda moro com meus pais e estudo em faculdade pública.
O primeiro passo de qualquer investidor, é saber poupar. Neste sentido, vale a pena descobrir para onde está indo o dinheiro que deveria ser investido.
Os cálculos que vou fazer são da estimativa das despesas de um Gol City 1.0 Totalflex (anterior ao novo Gol), incluindo gastosanuais com seguro, IPVA, depreciação, combustível, manutenção, estacionamento e até custo de oportunidade (que iremos explicar posteriormente).

Modelo do carro: Gol City 1.0 Totalflex
Valor do carro zero: R$ 27.676,00 (?)

Gastos fixos (R$ 3.968,00)
•IPVA 4% (?) – R$ 1.383,80/ano
•Seguro obrigatório (?) R$ 85,00/ano
•Seguro R$ 2.500,00/ano (perfil jovem)
Despesas (R$ 3.043,91)
•Depreciação(5% ao ano – estimativa pelo site da FIPE) R$ 1.383,35/ano
•Custo de oportunidade= R$ 1.660,56/ano
(investir o dinheiro, ao invés de comprar o carro: poupança rendendo 6%)

Gastos Variáveis (R$ 2.528,00)
•Manutenção e peças (pneus, filtro de óleo e ar, pastilhas, fluídos) – R$ 750/ano
•Troca de pneus a cada 2 anos = R$ 1.000,00 = R$ 500/ano
•Estacionamento – R$ 150,00
•Combustível - R$1.128,00/ano
(8km/l | R$ 1,25/l | 600km/mês)

Total: R$ 9.539,91/ano
O valor parece absurdo, mas é real. Muitos se iludem com os baixos valores mensais de financiamentos e esquecem que pagar o carro é apenas o primeiro desafio.
Como conseqüência, podemos ver o aumento na quantidade de carros vendidos com baixa quilometragem, já que muitos não conseguem arcar com as despesas mensais efinanciamento do veículo.
Antes de comprar seu primeiro carro, faça as contas e veja se vale a pena. É assim que um investidor jovem deve pensar.
* Por mais assustador que pareçam esses valores, fui conservador. No meu caso, gasto mais que o dobro de gasolina, estacionamento e manutenção. Também desconsiderei que jovens tomam multas e batem o carro com mais frequência. Outro fator que ignorei é o...
tracking img