Trabalho de campo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6125 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A ARTE DE VIVER EM SOCIEDADE
Como é comum em crianças de cinco anos que têm irmãos mais novos, Len perdeu a paciência com Jay, de dois anos e meio, que desarrumou os blocos de Lego com os quais estavam brincando. Enraivecido, Len morde Jay, que cai no choro. A mãe, ouvindo o grilo de dor de Jay , acorre e censura Len, ordenando-lhe que guarde o que deu motivo à briga, os blocos de Lego. Diantedessa ordem – que seguramente soa a uma crassa injustiça -, Len começa a chorar. Ainda irritada, a mãe recusa-se a consolá-lo.
Mas Len é reconfortado por quem menos esperava: Jay, que, embora sendo o ofendido, agora está tão preocupado com as lágrimas do irmão que faz o maior esforço para acalmá-lo. O diálogo é mais ou menos assim:
- Chora não, Len - implora Jay. -Chora não, cara. Choranão.
Mas Len continua chorando. Como seu apelo não funciona, Jay se dirige à mãe em favor do irmão:
- Len chorando, Mãe! Len chorando. Olha. Eu mostra a você. Len chorando. E, então, voltando-se para Len, Jay adota uma atitude maternal, fazendo afagos no irmão e tranqülizando-o com palavras ternas. - Olha, Len. Chora mais não.
Continuam os soluços de Len, apesar da tentativa dereconforto. Então, Jay muda de tática, ajudando a guardar os blocos de Lego na sacola, e diz, num tom amistoso:
- Ah! Len. Guardo pra Lenzinho, tá?

Mesmo assim, as lágrimas continuam. O sempre engenhoso Jay lança mão de outra estratégia: distrair o irmão. Mostrando ao irmão um carinho de brinquedo, 1ta desviar a atenção dele da tragédia que está vivendo.
- Tem um homem aqui dentro. Quer ver,Len? Quer ver, Len?
Len não dá a mínima. Está inconsolável; não pára de chorar. A mãe perde a ciência e recorre à clássica ameaça:

- Tá querendo apanhar?
Len, com a voz trêmula, responde: - Não.
- Então faça o favor de parar - diz a mãe com firmeza, embora um tanto exasperada.
Em meio a soluços, Len consegue esboçar um patético e arquejante: -Estou tentando.
Isso fazcom que Jay utilize um último estratagema: assumindo a firmeza e a voz autoritária da mãe, ameaça:
- Chora não, Len. Assim leva palmada!
Esse microdrama revela a notável sofisticação no lidar com emoções que uma criança de apenas dois anos e meio pode usar ao tentar entender as emoções de uma pessoa. Em suas urgentes tentativas de consolar o irmão, Jay foi capaz de recorrer a um granderepertório de táticas, que foram do simples apelo para que não se aliasse a ele (o que não funcionou), a consolar o irmão fisicamente, a ajudá-lo, a tentar distraí-lo, a ameaças e a dar ordens explícitas. Sem dúvida Jay lá adotando uma série de medidas que, em seus próprios momentos de aflição, lhe foram aplicadas. Não importa. O que conta é que ele, tão novinho, é capaz de utilizá-las quandonecessário.
É claro que, como todos os pais sabem, a demonstração de empatia e essas tentativas de consolar o outro, vividas por Jay, não são um comportamento comum em crianças tão novas. Pelo contrário, é mais provável que, diante da lição de um irmão, a criança até encontre un13 boa oportunidade de se vingar então, faça tudo o que for possível para piorar mais ainda a aflição. Ou seja, mesmas aptidõespodem ser usadas para provocar ,ou atormentar um irmão. !S mesmo essa maldade revela o surgimento de uma crucial aptidão: a capacidade de perceber os sentimentos de outra pessoa e agir de maneira a enfatizá-los mais ainda. Poder exercer controle sobre as emoções do outro é a essência da arte de relacionar-se.
Para manifestar essa capacidade de interação, as crianças pequenas têm de, em primeirolugar, alcançar um nível de autocontrole, primeiros ensaios para, lis tarde, poderem conter suas próprias raiva e aflição, seus impulsos e sugerem essa capacidade de controlar as próprias emoções surgem mais ou menos nesse mesmo período: as crianças começam a poder esperar sem chorar- a argumentar ou a bajular para conseguir o que querem, em vez apelar para a força - mesmo que nem sempre...
tracking img