Trabalho crupo terceiro semestre unopar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1332 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



















































































SUMÁRIO

1 – INTRODUÇÃO.......................................................................................................3

2 - DIAGRAMA DECLASSE.......................................................................................4

3 - ESTRUTURA DO PROGRAMA ............................................................................5

4 - CONCLUSÃO.........................................................................................................9

5 - REFERÊNCIAS.....................................................................................................10INTRODUÇÃO

A GESTÃO DAS EXISTÊNCIAS É UMA IMPORTANTE ÁREA DA GESTÃO OPERACIONAL DAS EMPRESAS, TRADUZINDO-SE GENERICAMENTE NO CONJUNTO DE REGRAS E DECISÕES TOMADAS COM VISTA À OBTENÇÃO DE UM ELEVADO GRAU DE EFICIÊNCIA A ESSE NÍVEL, QUE POR SUA VEZ SE TRADUZ NA MINIMIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS E DOS CUSTOS A ELA ASSOCIADOS. DEPENDENDO DO TIPO DE EMPRESA EM CAUSA, ASEXISTÊNCIAS A PARTIR DAS QUAIS DESENVOLVE A SUA LABORAÇÃO PODEM SER DE VÁRIOS TIPOS, DESIGNADAMENTE MERCADORIAS (NO CASO GENÉRICO DAS EMPRESAS COMERCIAIS), MATÉRIAS-PRIMAS, MATÉRIAS SUBSIDIÁRIAS, ETC. (NO CASO DE EMPRESAS INDUSTRIAIS).
NO ÂMBITO DA GESTÃO OPERACIONAL DAS EXISTÊNCIAS, UMA DAS TAREFAS MAIS IMPORTANTES É A DEFINIÇÃO DO VALOR DA RUBRICA DE CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS E MATÉRIASCONSUMIDAS (CMVMC), QUE REPRESENTA PRECISAMENTE O CUSTO DOS BENS QUE A EMPRESA VENDE (NO CASO DAS MERCADORIAS) OU CONSOME DURANTE O PROCESSO PRODUTIVO (NO CASO DAS MATÉRIAS). MUITAS VEZES, A DETERMINAÇÃO DESTE CUSTO É DE DIFÍCIL EXECUÇÃO, DESIGNADAMENTE QUANDO SE VERIFICA UMA GRANDE DIVERSIDADE DE PRODUTOS TRANSACIONADOS PELA EMPRESA EM CAUSA E UM CONSTANTE MOVIMENTO DE ENTRADA E SAÍDA DEEXISTÊNCIAS EM ARMAZÉM.
NESTE CONTEXTO, EXISTEM, DE ACORDO COM O PLANO OFICIAL DE CONTABILIDADE, VÁRIOS MÉTODOS DE CUSTEIO DAS SAÍDAS DE ARMAZÉM, SENDO OS SEGUINTES OS MAIS UTILIZADOS: FIFO, LIFO E CUSTO MÉDIO PONDERADO. TODOS ESTES MÉTODOS TÊM COMO BASE A ENTRADA DAS EXISTÊNCIAS AO CUSTO HISTÓRICO, OU SEJA, AO CUSTO DE AQUISIÇÃO. VEREMOS UM EXEMPLO DE COMO USAR ESTAS ESTRUTURAS A NOSSO FAVOR NAPRÁTICA.




























DIAGRAMA DE CLASSE


[pic]










ESTRUTURA DO PROGRAMA

namespace WindowsFormsApplication1
{
partial class FormPrincipal
{
///
/// Required designer variable.
///
private System.ComponentModel.IContainer components = null;///
/// Clean up any resources being used.
///
/// true if managed resources should be disposed; otherwise, false.
protected override void Dispose(bool disposing)
{
if (disposing && (components != null))
{
components.Dispose();
}
base.Dispose(disposing);
}#region Windows Form Designer generated code

///
/// Required method for Designer support - do not modify
/// the contents of this method with the code editor.
///
private void InitializeComponent()
{
this.components = new System.ComponentModel.Container();
this.lblTitulo = newSystem.Windows.Forms.Label();
this.lblCodigo = new System.Windows.Forms.Label();
this.lblNome = new System.Windows.Forms.Label();
this.txtv = new System.Windows.Forms.TextBox();
this.btnGravar = new System.Windows.Forms.Button();
this.dataGridView1 = new System.Windows.Forms.DataGridView();
this.txtdv = new System.Windows.Forms.TextBox();...
tracking img